My music...

https://youtu.be/IhAFEo8DO2o

segunda-feira, março 28, 2011

Lembras-te?


- Lembras-te da casa...onde adormecemos cansados...?


- Lembras-te deste beco...onde apaguei o calor dos teus lábios...?


- Lembras-te da lição muda... de história...?


- Lembras-te deste caminho... ao acaso dos teus olhos...?


- Lembras-te da flor...que te ofereci...?



- Não ! Não te lembras ! O verde campestre...cristalizou num silêncio de rocha, esculpido pelo vento amargo...


in MEMÓRIAS - by OUTONO - 2011

21 comentários:

Maria disse...

As memórias que guardamos às vezes são uma tortura...
E trouxeste-me algumas, agora. :(

Beijo, Outono, em dia de outono.

Rê Franco disse...

Olá.! Lembranças, muitas vezes mentimos que as esquecemos para não nos causar dor, mas as vezes é tão doce deitar e viajar nas lembranças.
amei o seu blog, de hj em diante estarei sempre por aqui. beijos
www.rcfpensamentossoltos.blogspot.com

Rosário disse...

Palavras e imagens a formar um poema especialmente belo. Parabéns.

Um abraço


Rosário

OUTONO disse...

MARIA

Como te compreendo...
As memórias que queremos sempre sorriso...e, por vezes são chuva de dor.
Beijinho, Maria amiga.

OUTONO disse...

RÊ FRANCO

Esta casa é sua.
É um prazer recebê-la.

Obrigado pelo comentário incentivo!

Beijinho

OUTONO disse...

ROSÁRIO

Grato, pelas palavras de incentivo.

Abraço!

Justine disse...

Um caminho de recordações não partilhadas - muito belo, quase pungente! E muito bem ilustrado com as fotos magníficas!

JPD disse...

Belíssima fotografias a consagrarem a exaltação do texto.
Um abraço, Outono

OUTONO disse...

JUSTINE

As minhas fotografias, agradecem-te a simpatia do teu comentário...
As minhas palavras, agradecem-te a leitura que partilhaste...
O meu piano...ainda consegue arrancar umas notas...no meio dos verdes campestres, mas solitárias e quase impossíveis para este baixo rouco...
Beijo.

OUTONO disse...

JPD

Obrigado amigo, pela tua "leitura" amiga!

Um abraço!

Vanda disse...

Tristeza,ou ficção?
Seja como for, é BELO!
E as fotos, como são LINDAS!
Todo o seu Blog, é sentimento muito bem delineado!
Os meus Parabéns!
VANDA

OUTONO disse...

VANDA

Verifico, que não tens Blog.
Agradeço o comentário muito simpático.

Abraço

Emoções disse...

Todos os poetas serão tomados por loucos.
Ainda pregam o amor que muitos não conseguem sentir.
Mas loucura maior e andar no deserto sem amizades,
plantando rosas que nunca vão florescer.

OUTONO disse...

EMOÇÕES

Obrigado pela presença e, pelas palavras.

Abraço!

fernanda disse...

Excelente, José Luís. Tudo.
Um beijo.

Mar Arável disse...

Repito

Há palavras que respiram

por guelras

OUTONO disse...

FERNANDA

TUDO????

Fico mais responsável e agradecido!

Beijinho

OUTONO disse...

MAR ARÁVEL

...enquanto a palavra for oxigénio...

Um abraço!

mariam disse...

OUTONO

Uma série de fotografias fantásticas!
Das palavras, fico sem palavras!
Parabéns renovados!

um sorriso :) (agradado)
mariam

solstícios disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
OUTONO disse...

MARIAM

Das plavras, fica o abraço grato pela presença e incentivo, num clic virtual.

Beijinho