My music...

https://youtu.be/IhAFEo8DO2o

segunda-feira, março 21, 2011

Cativo...





Bebi no teu sabor solstício primaveril
A fome que matou a invernia deste olhar
De gritar rouco, pelos poros borbulhantes
Navios de cartas labiais sôfregos e sós.

Penetrei ousado no teu júbilo de ser
Senti-o conjugar sextilhas enamoradas
De flores com jardins de pólenes carnudos
Em leirões de ânsias crepitantes e únicas.

E o suor é perfume que depura o interior
E os olhos são infinitos de cores a explorar
E a boca morde-se em rios de pétalas húmidas.

Sobra apenas o minuto de ontem esfumado
Hoje cativo de juros sem métrica e modelo
Porque escrever é insuficiente para este (a)mar.



in MEMÓRIAS - by OUTONO - 2009

12 comentários:

© Piedade Araújo Sol disse...

escrever pode ser insuficiente, mas que dá um grande prazer isso dá.
estamos perante um soneto muito bem rimado e que fica muito bem aqui no dia da poesia.
parabens ao seu autor.
um beij

A Luz A Sombra disse...

Não sou poeta...!
Não sei escrever poesia...!
Só sei sentir profundamente cada palavra, cada som, cada tom de luz e sombra que por mim passam... e dizer que é lindo este poema.
Abraço

MeuSom disse...

... e as núvens parecem marés revoltas em ansias sobre o mar...

... e hoje [como sempre], o poema fez-te poesia!

que poema lindo!
que música linda!
que imagens maravilhosas!

uma poesia completa!
parabéns Poeta, hoje é o teu dia!

Justine disse...

Escrever é sempre insuficiente para dizer dos afectos, mas um soneto de amor é tão clássico, tão belo:))))

tulipa disse...

Como sempre um belíssimo poema, que gostei de ler.
Obrigado pela partilha.

MARÇO
para mim, MARÇO é um mês que significa muito na minha vida; tantas coisas têm acontecido nos MARÇOS da minha existência.

Hoje estou numa de recordações. Houve tempos em que queria esquecer a fase final do meu KALINKA, mas agora já aceito, porque eu mudei e fui à procura de uma nova vida.
SIM, com a ajuda daquela pessoa que tudo fez para que eu tivesse um blogue, a minha sobrinha TÂNIA, que partiu deste Mundo, há quase 2 anos - vai fazer domingo - dia 27 que a princesa nos deixou.
Era um SER ESPECIAL e DEUS quer junto d'Ele todos os seres especiais.
Daí que eu esteja numa fase de introspecção neste fim de semana, pois a TÂNIA faz-me muita falta, mesmo muita.
Com ela partilhava tudo!
Estou aqui a recordar o início do blog "KALINKA"
20 de Março de 2005 – Início de uma nova vida!

HÁ 6 ANOS QUE FAÇO PARTE DA BLOGOSFERA.

"Deabrilemdiante" festeja a existência de 30.000 visitantes, é uma espécie de continuação do Kalinka.

hfm disse...

Belíssimo!

OUTONO disse...

PIEDADE

Escrever...dizem que é uma arma...digo que é um bálsamo.

Beijinho!

OUTONO disse...

A LUZ ...

E eu apenas sei, que escrever é um mundo de palavras intermináveis, onde colcamos muito do nosso interior...

Abraço!

OUTONO disse...

MEU SOM...

Nunca uma poesia completa...quero viver cada verso infinitamente!

Abraço!

OUTONO disse...

JUSTINE

Escrever...é o crescer de um sentir, onde nos leva um olhar ...adentro da razão.

Beijinho!

OUTONO disse...

TULIPA

E como é bom recordar...saber que estamos. que somos, que ainda queremos...
Parabéns!

OUTONO disse...

HFM

Há uma diferença...antes de chegar ao belo...que nunca ( mesmo que ouse) atingirei...
Sou apenas nascença de cada escrever...

Abraço!