My music...

https://youtu.be/IhAFEo8DO2o

quarta-feira, abril 07, 2010

Acordo sobressaltado...




Acordo sobressaltado...
Ouço um grito interno...
Desvio o olhar..
Apercebo-me de ti...
Coração amor
Que me segredas
E seduzes...

Levanto-me ainda quente
Acaricio-te o peito
E sinto este bater
Esta fala
Este moer de dentro
Este carpir de saudade...

Chamo-te dor d'alma
Entrego-me sôfrego
Na palma da mão
Carícia...tua
E percorro um caminho
Que conheço...
Porque nosso!

É no cair do acto
Que sonho e vejo
Sem ver o sonho
O olhar húmido
Lágrima felina
Mapa hidrográfico
Deste (a)mar.

Sinto-te tanto
Tanto de imenso
Neste queimar
De incenso
Odor de tempo
Fome corpo
Mar espelho

E o verdejar
Clama
O fóssil procura-se
O sol deita-se
As mãos caem
E a maresia
Ficou esquecida...

Que apelo me dita
Que trinar me grita
Que canção me enxerga
Neste coabitar só
No sulco ...quase...
Quase estrada
Silêncio...doce
Beijo não sugado.

Que saudade ...
Que medo...
Que tortura...
Que rasgo vontade
Que sinal sem vida
Que livro sem prefácio
Que mapa deserto...
Que abundância...
Triste...sem entrega!

Cego-me de ti
Neste ver de mim
Rascunho e tarefa
Viagem estrela
Paragem dor
E este amar
Que é...
Um amor mar!

in- MOMENTOS - by OUTONO - 2010

16 comentários:

Maria disse...

Quanta paixão de (a)mar!!!
Li-te de uma vez, quase sem respirar.

Beijo

Maria Dias disse...

Vc sente bem perto e quente o teu amor...Lindo!

Beijinhos

Maria

Vanda Mª Madail Rafeiro disse...

Muito bom! Como já comentei no FB, não tenho mais palavras.
Abraço.

Ailime disse...

Olá amigo Poeta!
Há algum tempo que não o visitava!
Gosto muito de poesia, gosto muito da sua poesia!
E este poema está soberbo!
Lindo de encantar este Palácio da Pena e a praia (da Adraga?.
Locais deslumbrantes como a sua poesia!
Um beijinho.
Ailime.

OUTONO disse...

MARIA

Quanta paixão...será exagero???

Beijo.

OUTONO disse...

MARIA DIAS

Obrigado....


Beijinho!

OUTONO disse...

VANDA

Duplamente obrigado.

Beijinho.

OUTONO disse...

AILIME

Ainda que a minha "possível poesia"...vao ao encontro da tua leitura....

Beijinho.

mariam disse...

OUTONO,

'Cantar' o amor assim, é muito bonito! Grande poema! Parabéns.

Florbela na voz de Represas, magnífico!

As imagens, só visualizo a 1ª, o meu pc é velhote... mas p'lo coment acima, parece ser da Adraga, também gosto imenso dessa praia, não tanto p'ra banhar o corpo, mais p'ra banhos d'alma!

um grande abraço e o meu sorriso :)
mariam

Ailime disse...

Amigo Poeta,
Peço desculpa, mas ao revisitar neste momento o seu espaço, quero redimir-me, porque chamei Palácio da Pena ao Pálácio da Vila de Sintra.
Isto não tem desculpa...já era um pouco tarde!
Beijinhos.

pin gente disse...

"amo tanto e de tanto amar"

senti dor.

um beijo, outono

pin gente disse...

a fotografia - soberba!
parabéns

OUTONO disse...

MARIAM

...permite-me, joga no euromilhões...talvez com o prémio dê para comprar um PC novo...digo eu...se não fores muito exigente...caso contrário o prémio não chega!

Obrigado, pelos "comentários" fabulosos. Não me esqueço dos meus inícios nestas andanças e, os teus comentários sempre foram referência para o meu criar.

Agradeço a simpatia e, regularidade da tua presença.

Agradeço o teu "gostar"...o melhor prémio a quem escreve de quem lê...

Um beijinho

OUTONO disse...

AILIME

...percebi amiga.

Não faz mal nenhum.

Beijinho!

OUTONO disse...

PIN GENTE

Gosto do teu dizer...da tua amizade e do teu escrever...

Só podes ser tu!

Beijinho

OUTONO disse...

PIN GENTE

Sério..."tás" a brincar??????

Beijinho