My music...

https://youtu.be/IhAFEo8DO2o

quarta-feira, janeiro 13, 2010

Gosto-te tanto...



...na casca seca...escrevi-te o meu sentir...

Apetece-me tecer-te linho...
Linho natural deste vestir sonho
Sonho cru, cor natural tela
Tela presente, espera melodia
Melodia una, rasgo prazer
Prazer foz, nascente mar
Mar longe e perto... saudade
Saudade de ti, momento
Momento doce, espera fruição
Fruição focagem, respeito fidelidade
Fidelidade sorriso, verdade feliz!

in MOMENTOS - (by OUTONO) - 2009

40 comentários:

Apenas eu disse...

um entrelançar de palavras com final feliz.

é bom ler aqui.

beijo

susana disse...

rasgo prazer
Prazer foz, nascente mar
Mar longe e perto

Deti-me aqui.

Maria disse...

Feliz, muito feliz este teu apetecer...
Gostei do encadear das palavras. O mar, para mim, está sempre perto e longe...

A fotografia é fantástica!

Beijos

Reflexo d Alma disse...

Deus!
Ando encantada com
os poetas portugueses!
Que belos versos!
Vou ficar feliz por demais
se passar
la no meu canto.

Bjins entre sonhos e delírios

SAM disse...

Querido amigo,

que bonito. Como é bom ler seus poemas! Um a um, seus versos inundam de ternura a nossa alma.

"...Mar longe e perto... saudade
Saudade de ti, momento
Momento doce, espera fruição.."

Carinhoso beijo

Meus Reflexos Contos e Afins disse...

Que bom vir conhecer seu blog...
Lindo.
Bjins

G... disse...

Na casca seca..... assentam bem todos os sentimentos, todos os sentidos, todos os amores.
RASGAM-SE almas e vertem-se sobre a morte que, húmida das lágrimas e suores vividos, se vê mais substracto de renasceres do que leito de mágoas.
Rasga-se um invólucro, um hiato pacífico de instrospecção, porque é preciso viver e nem sempre a vida se consegue moldar em palavras. E palavras ocas pouco mais são que nadas impressos.
Amadurece-se uma identidade, cristalizam-se traços de personalidade, multiplicam-se (felizmente!!!) dúvidas e eis que frases reclamam o seu direito à independência. Que eu humildemente lhes concedo. Que me agradecem agrupando-se em textos que me aliviam de um sentir solitário.
Um olhar crítico, uma sensibilidade partilhada nunca incomoda!
Obrigado pelas palavras. :-) Sabem bem!
Amar é tão bonito! Nota-se neste magnífico «Gosto-te tanto...», suado de um amor doce....
Fica a admiração!
G...

Josephine disse...

Passei pra conhecer o blog que vinha depois do meu na busca do blogger.
Belo lugar! nice job!

C'ya

P.B. disse...

Todo um enlace de palavras que se fundem com o sentir escrito na casca seca...

Beijinhos

MS disse...

verdade feliz,sempre. Porque sem Verdade somos uns perdedores.

Cumprimentos da "sala"...

Bruma disse...

Voltaste... gostei de te ler!
Continua sorrindo e sentindo sempre, com alma...
Gostei do título "gosto-te tanto"... já há muito tempo que não ouvia esse termo... e foi engraçado encontrá-lo aqui...
Pena... não teres escrito antes da captura... em aparo de tinta/pincel... esse teu sentir na casca... mas nem por isso diminuiu a sua força e sentimento...
Sugestão se me permites: leva-o sempre contigo... nunca se sabe... ;)

Jinhos e um bom fim de semana

Bruma disse...

Ah... magnifica escolha musical!

brisa de praia disse...

foto linda, até pk uma casca de árvore significa a renovação que deve tb existir no amor. um bj, José

OUTONO disse...

APENAS EU

Gosto de entrelaçar as plavras...como abraços sentidos.

Obrigado pela visita

Beijinho

OUTONO disse...

SUSANA

podes continuar a ler...

Beijinho.

OUTONO disse...

MARIA

Feliz...também pelo teu sempre grato contributo no meu "escrever".

Obrigado amiga.

Um beijinho.

OUTONO disse...

REFLEXO D'ALMA

Tento escrever poesia...não sou poeta.

Obrigado pelo carinho.

Beijinho

OUTONO disse...

SAM

Este mar...que me beija, ora cálido ora gélido...

Este mar de tanto amar, que me seduz ...e banha...

Este mar...que nos dá silêncio e perfume...

Beijinho amiga!

OUTONO disse...

MEUS REFLEXOS

Estou sempre por aqui...

Beijinho

OUTONO disse...

G...

G... de Guadalupe, Gina, Gilberta, Graça...etc.

Sinto-me bem na leitura do teu escrever...

Revelas um acto redactorial...muito cuidado e "interior".

Obrigado, por aqui teres passado.

Beijinho

OUTONO disse...

JOSEPHINE

Não sabia desse pormenor...

Estás à vontade.

Beijinho

OUTONO disse...

P.B.

Um sentir real...verdade...com testemunho.

Beijinho.

OUTONO disse...

MIKE

A verdade...só a verdade...com verdade....e pela verdade.

Já li algures....

Um forte abraço!

OUTONO disse...

BRUMA

Estava com saudades dos teus "escreveres". Como sempre, atentos e amigos.

Seguirei o teu conselho...

Beijinho

OUTONO disse...

BRISA DE PRAIA

O amor...deverá ser uma constante de renovação...

Tal como o eco sistema!

Beijinho

susana disse...

Ehehehe!
De facto! Mas eu li tudo!! ;)

mariam disse...

Outono,

____ Belo ____ . Poema e imagem!

Embora ande um pouco ausente do 'blogobairro', quando aqui volto é com imensa satisfação que 'te' leio. Parabéns p'la criatividade crescente e as fotografias estão cada dia mais fantásticas(embora amadora, também gosto muito de fotografia).

aguardo o próximo!

um abraço e o meu sorriso :)
mariam

OUTONO disse...

SUSANA

...eu sei que leste. Achei interessante...o comentário, no verbo deter...

Obrigado pelo esclarecimento.

OUTONO disse...

MARIAM

...afastada, não entendo, fazes falta "cá à malta"...sabes?

Perdoa-me este rimar, foi apenas um gracejo na sequência do teu escrever.

Agradeço as tuas palavras. São um contributo muito bom para continuar.

Este "jogo" de sedução autor versus leitor, traduz sempre uma ânsia enorme, mesmo no acto de criar e no acto da crítica, passada a mensagem. Desculpa alongar-me contigo um pouco, ficará também para outros positivos comentários que me vão chegando.

Quanto às fotos,cara Mariam...se tu és amadora...eu serei mero aprendiz. Vou tentando, em espaços cada vez mais curtos...por falésias e mares deste "rectângulo", olhar um sorriso ou atrever-me com um espelho de água, num por de sol. E é isso que me atrai, que me apaixona. Quantas vezes só, "guardar" só para mim aquele mar único , céu cinzento ou flor silvestre...é uma experiência única! Um dia "apaixonei-me" de tal forma por um nenúfar que caí no lago, face à inclinação para conseguir o melhor ângulo...Coisas de fotógrafo amador.

Aparece...foi bom, desabafar contigo.

Beijinho e um abraço fotogénico.

JPD disse...

A tangibilidade dos afectos.

Excelente.

Saudações

OUTONO disse...

JPD

Obrigado amigo. Sabe sempre bem...um ler do outro lado...num comentar deste lado de cá.
E quando o ler e e o comentar se conjugam...a alma enche e a palavra dispara...

Um abraço.

Natália Augusto disse...

Brincar com as palavras dá origem a poemas belos e mensagens que são verdadeiros entarançados de sentimentos.

Bj

PAR Procure Ache e Resolva disse...

Boa escrita, mas acima de tudo, uma escrita com um sentimento muito forte e bem patente.
Parabéns

PAR Procure Ache e Resolva disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Multiolhares disse...

Ficou bastante bonito, com sonoridade,daria uma bela canção
bheijinhos

ParadoXos disse...

fruição do sentir... e muito.

desculpa as ausências que fiz. o tempo tem sido demasiado alado...



mas... cá estou :-)

um forte abraço - clássico.

OUTONO disse...

NATÁLIA AUGUSTO

Brincar com as palavras...correcto!

Por vezes há necessidade de dizer e sentir como brincadeira d'alma de criança!

Beijinho.

OUTONO disse...

PAR

Obrigado pelo apoio.

Abraço.

OUTONO disse...

MULTIOLHARES

...canção????
Ok! podes compor!!!

Beijinho!

OUTONO disse...

PARADOXOS

Ausência...então que direi eu?

Obrigado Heduardo, pelo apoio...como sabes...sabe sempre muito bem...fruir as palavras dos receptores.

Um abraço a pretexto de ser amigo!