My music...

https://youtu.be/IhAFEo8DO2o

quarta-feira, setembro 10, 2008

Ser amigo...é um acto de amor...

amor Pictures, Images and Photos



picture...algures na Net

Muito já se escreveu, sobre a magia ou inglória dessa palavra... Amor.
Hoje, amar, é um simples verbo ocasional, temperado aqui e ali com um pouco de sensibilidade de cada um...dizem...
Mas acredita-se, que o Amor existe, nem que seja em épocas ou datas esporádicas...dizem...também.

Um dos prémios, que este Pretexto - Clássico recebeu, por entre os carinhos amigos de mais de quatro mil visitas, tocou-me um...por ora...

" É mais gostoso com amor" - Blog - "Eu sei que vou-te amar"

Hoje, dedico também este "post" a essa carícia envolvente
da Blogger Naela...permitam-me !

Há tanto para dizer na palavra Amor...
Que um escrito amado de azul brilhante
Não chega para um sentir pleno de desejo.

No longe do acto cúmplice de amar...
Há pérolas cromáticas de sedução força
Há floras imensas e mares tangentes
Há lírios de imagens túlipas vitral
Onde descansam segredos iodados
Fascínios âncoras e horizontes secantes...

Na razão directa do Amor...com gosto!

Dedicatória - (by Outono) - 2008

32 comentários:

Aran disse...

Um bonito gesto!!!
E de grande gosto e com gosto!
Quem sabe... sabe! ;)

Jinhos

Peregrina disse...

É tão bom amar. E há vários tipos de amor. Amor de amigo, é inexplicável! :)

Beijinho*

Maria Dias disse...

...Belo gesto Outono!"Amigo é coisa pra se guarda debaixo de sete chaves..."Assim cantou nosso Poeta e cantor Milton Nascimento!Amei a imagem postada também!

p.s.Apareça no Avesso...

Beijinhos

Maripa disse...

Uma boa maneira de ter amigos é ser amigo...
E que linda a homenagem que fez a quem merecia,querido Outono.

Beijo carinhoso.

Paradoxos disse...

Diante deste gesto magnânimo sobressai a funda e perdurável pereza do teu ser - uma janela aberta ao amor e a amizade, aliás, uma porta...

bem merecida - também sou filho deste lugar "eu sei que vou te amar"


beijão pra Naela!
um abração estimado amigo Outono!

Olhos de mel disse...

Oie lindo! Amar hoje, tem perdido seu verdadeiro sentido. Mas espero que esse valor seja resgatado. Tem coisa melhor que amar e ser amado?
Bom fim de semana! Beijos

SAM disse...

Mas que lindo!

Tudo, tudo! As palavras, a dedicatória a poesia, a foto e você também, assim como deve ser Naela!

Grande e fraternal beijo!

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Outono: Vc recebeu o merecido, pois é um amor de pessoa e como muitos me incentivaram a não fechar o Blog, inclusive vc, então fico, não sei até quando. O post que fiz hj é ainda maior do que de costume porque no fim o enchi de flores. Que cada qual pegue a sua e a leve de lembrança.
Um abraço,
Renata
wwwrenatacordeiro.blogspot.com

NAELA disse...

Meu lindo Outono!
Lindas as palavras que me vestem de amor, que suspiram no mais intimo de mim, que me deixam nesta alegria de ser tua amiga!
Um beijo muito sentido

Antunes Ferreira disse...

LISBOA - PORTUGAL

Olá Préinverno!

A Amizade não se compra nem se vende: não tem preço. Muito bonita a tua interpretação e a tua opinião.

Cheguei a este blogue através de outros que costumo visitar e neles postar comentários. Cheguei, vi e… gostei. Está bem feito, está comunicativo, está agradável, está bonito – e está bem escrito. Esta é uma deformação profissional de um jornalista e dizem que escritor a caminho dos 67…, mas que continua bem-disposto, alegre, piadista, gozão, e – vivo. O meu primeiro nome é Henrique – e gosto dele. Podes tratar-me assim, que eu agradeço. E, já agora, sou do Partido Socialista e fui católico – mas… curei-me…

Só uma anotaçãozinha: Durante 16 anos trabalhei no Diário de Notícias, o mais importante de Portugal, onde cheguei a Chefe da Redacção – sem motivo justificativo… pelo menos que eu desse com isso… E acabo de publicar – vejam lá para o que me deu a «provecta» idade… - o me(a)u primeiro livro de ficção «Morte na Picada», contos da guerra colonial em Angola (1966/68) em que, bem contra vontade, infelizmente participei como oficial miliciano.

Muito prazer me darás se quiseres visitar o meu blogue e nele deixar comentários. E enviar-me colaboração. Basta um imeile / imilio (criações minhas e preciosas…) e já está. E se o quiseres divulgar a Amiga(o)s, ainda melhor. Tanto o blogue, como o imeile, tá? Muito obrigado

www.travessadoferreira.blogspot.com
ferreihenrique@gmail.com

Estou a implementar e desenvolver o projecto que tenho para o meu www.travessadoferreira.blogspot.com e que é conferir ao meu/vosso/NOSSO blogue a característica de PONTO DE ENCONTRO entre os Países fraternalmente ligados – Portugal e Brasil. E outros PALOP e etc…
Se me enviares o teu IMEILE, poderei enviar-te «coisas» que ache interessantes. Se, porém, não as quiseres, diz-me que eu paro logo. Sou muito bem-mandado (a minha mulher que o diga…) e muito obediente (cf. parênteses anterior). Abrações e queijinhos, convenientemente repartidos e distribuídos

– Desculpa por este comentário ser tão comprido e chato. Como a espada do D. Afonso Henriques…
- E, agora, uma publicidadezita, de que te peço desculpa antecipadamente. Já conheces o me(a)u «Morte na Picada» que acima menciono? Há quem diga que é muito bom. E até que é o melhor que se escreveu em Portugal sobre o tema. Dizem… Obviamente que não sou eu a dizê-lo… Só faltava… E também há quem tenha escrito que é SANGUE & SEXO… Malandrecos… Pelo sim, pelo não… compra-o. Não é um pedido, não é uma sugestão, não é um conselho. É uma ordem!.... hahahahahahahahahaha…
Depois de o leres, se, por singular acaso, tiveres gostado dele, terás de comprar muitíssimos mais exemplares. São excelentes prendas de aniversários, casamentos, divórcios, baptizados, e datas como Natais, Carnavais, Anos Novos, Páscoas, Pentecostes, vinte e cincos de Abris, cincos de Outubro, dezes de Junhos. Até para funerais. Oferecer o «Morte» na morte fica bem em qualquer velório que se preze. E, além disso, recomenda-o, publicita-o, propagandeia-o, impinge-o aos Amigos, conhecidos, desconhecidos & outros, SARL. Os euros estão tão raros e... caros...

++++++++++++

A editora da obra é a Via Occidentalis (occidentalis@netcabo.pt) cujo site é www.via-occidentalis.blogs.sapo.pt. Neste blogue podem ser consultados mais dados sobre o livro, cujo preço de capa é € 14,70. ATENÇÃO: Pode ser comprado pela Internet.

++++++++++++

NOTA IMPORTANTE: Este texto de apreciação e informação é similar em todos os casos em que o utilizo. Em muitos, com ligeiras alterações que o personalizam. Digo isto, para quem não surjam dúvidas ou suspeitas sobre a repetição em diferentes blogues. E para que ninguém se sinta ludibriado – ou ofendido… Há feitios que… Mas, sublinho, apenas o uso quando o entendo, isto é, quando gosto mesmo dos que visito. Nos outros onde também vou, se não gosto, saio sem comentários. Há muitos mais. Aqui na terrinha diz-se que «se não gostas, põe na beirinha do prato…»

Essência Pura disse...

Um amigo faz a diferença sempre
Parabéns por ser um amigo tão especial a tantos

Um final de semana de paz e luz pra vc e sua família

Miriam

OUTONO disse...

Aran

Tenho por princípio, que a amizade se escreve sempre com um A muito grande de compreensão, de dádiva, de sentimento...

É um acto de igual para igual.

Logo, não sei, nem sou mestre na amizade. Sei, que quando sou amigo, vou ao canto do mundo, por amizade.

Por isso...as minhas atitudes amigas são sempre actos de oxigénio útil...Ah! e também gosto de receber...

Beijocas.

OUTONO disse...

Peregrina

Amor de amigo...é muito mais forte, que a explicação...

Beijinho amigo.

OUTONO disse...

Maria Dias

Ser amigo é não andar às avessas...

Estou a brincar com o teu muito bem construido Avesso.

Beijinho.

OUTONO disse...

Maripa

Ser amigo, é a melhor poesia de uma convivência sã...

Gosto de ti, amiga...

Beijinho muito amigo.

OUTONO disse...

Eduardo

O teu comentário, foi, uma vez mais ...um acto nobre de adjetivação. Por ele, sinto-me honrado...e acredita, mais responsável.

Obrigado grande amigo.

Um abraço

OUTONO disse...

Olhos de mel

De facto a amizade anda pelas ruas da amargura...

Ainda bem que tens esperança, que possas resgatar esse acto puro da amizade.

Beijinho.

OUTONO disse...

Sam

Se estivesse ao pé de ti...declarava-me amigo do fundo do coração.

Só com a escrita, digo-te...

Beijo enorme de amizade.

OUTONO disse...

Renata

Esse foi o melhor caminho. Ficares neutra a palavras cegas.
Fico contente. E irei já de seguida visitar o teu cantinho.

Beijo,

OUTONO disse...

Naela

Não te conhecendo...conheço-te!

Beijinho doce e uma carícia de amizade muito pura.

OUTONO disse...

Antunes Ferreira

Tens toda a razão...amiga de mil escritas e milhares de conceitos.

Já li o teu livro. É uma "picada" bem urdida, reveladora de uma mente enciclopédica, capaz de agarrar da primeira à última página.

Parabéns. Um abraço Henrique

OUTONO disse...

Essência

A amizade é a essência da vida.

Lembro-me que o meu avô materno, tinha na sala de visitas, um quadro enorme, com um azulejo em tons de azul, que dizia:

"Viver sem amigos, não é viver"

Beijinho

Verónica disse...

Amar alguém tem muito que se lhe diga!
O Amor é uma simples palavra que encerra um conteúdo profundo!Demasiado profundo...
Não acredito que se ame alguém a vida toda.As pessoas mudam,transformam-se.E aquele amor que era só Sol esmorece.Acredito naqueles casos,esporádicos que mantiveram um Amor a vida toda! Um casal que resiste a todas as estações e continua se amando só podem ser artistas,verdadeiros artistas do Amor.Não é tarefa fácil.
Porque relações de aparência,há muitas por aí,aos pontapés.Gente que faz de conta que é feliz, fala a boca cheia em amor e provavelmente jamais soube que era isso.

Ser amigo é um acto de amor.Concordo plenamente!Se for uma AMIZADE verdadeira!Como a história do principezinho e da raposa. Uma Amizade intemporal!
Beijinhos

OUTONO disse...

Verónica

Amar é de facto um verbo difícil de conjugar.

E Amor uma palavra complicada de entender

Como diz o velho ditado:

Cada caso...é um caso...

coloca amor em caso...e talvez seja uma solução entendível...TALVEZ?

Beijinho.

Cleopatra disse...

Sabes Outono?
Um dia digo-te o que muita gente faz com a palvra amor.
Acho que a confundem com outras palavras e sentimentos...Ou porque nunca o conheceram ou porque nunca aprenderam mesmo o que é o Amor.

Vulgarizaram sim o Amor.
Bj
Dormiste bem?

Parapeito disse...

Belas palavras...lindo o gesto...
Lembrei me de Eugénio de Andrade.

Tu já tinhas um nome, e eu não sei
se eras fonte ou brisa ou mar ou flor.
Nos meus versos chamar-te-ei amor.

è Bom quando amamos assim os amigos****

OUTONO disse...

Cleo

Digo isso mesmo:

"Muito já se escreveu, sobre a magia ou inglória dessa palavra... Amor.
Hoje, amar, é um simples verbo ocasional, temperado aqui e ali com um pouco de sensibilidade de cada um...dizem..."

Imagina, que o "low-cost", já chegou ao amor (incrédula???) um dia digo-te.

E quanto ao amor...é um sentimento que defino no estado mais puro do ser...tal como a amizade.

No comentário que te "seguiu" de Parapeito, está um caso curioso de retrato amor de EUGÉNIO DE ANDRADE, um génio entre muitos lusos:

"Tu já tinhas um nome, e eu não sei
se eras fonte ou brisa ou mar ou flor.
Nos meus versos chamar-te-ei amor."

Por último, ouvi bem perto de mim, num aeroporto...um comentário dela para ele (casal na ordem dos 40)

"Oh! menino... amar é um acto descartável..."

Enfim. Felizmente não é a falta de amor que me tira o sono...

Beijinho

OUTONO disse...

Parapeito

Sempre escrevi Amizade com amor...

Beijinho.

Pecadormeconfesso disse...

"Oh! menino... amar é um acto descartável..."

Pois é. E nós homens por vezes caimos nesses actos descartáveis e, esquecemos os que o não são A culpa? Carrega-se toda a vida.

OUTONO disse...

Pecador

Pois....

Mas...CONFESSA...o amor anda na mortalha da indiferença...não é?

Custa-me!

tb disse...

como disse um velhinho que muito estimo e admiro, "amor é quando a gente vive um no outro" ainda que este viver um no outro não passe obrigatoriamente por pessoas, digo eu!
A amizade é a melhor prenda. :)
abraço com amizade

OUTONO disse...

tb

Ainda bem que pensas assim.

O viver "um no outro" é fascinante.

Volta sempre