My music...

https://youtu.be/IhAFEo8DO2o

sábado, junho 14, 2008

Neste Mundo...

long world

gentileza da Google

Neste mundo de pólos opostos
as notícias serpenteiam calmas...
Os homens bebem o seu conteúdo
E as certezas, são sentenças de cada um!

Neste mundo de gentes e pensamentos
Os incómodos da paz, são senhores altivos
Quais mestres de obras...fora de prazo
E polémicas sempre verdejantes.

Neste mundo de sóis e luas
Há ventos e bonanças perdidos
Tabuadas e métricas de contas falidas
Paraísos de farsas e costumes...

Neste mundo de sabores e fomes
Há regras para fingir e florescer
Sopros de angústia e calvários
Cenários...para vender novela!

Neste MUNDO...vive-se...

in - Poemas (OUTONO)2007

36 comentários:

Rui Caetano disse...

bonito.

circe disse...

Boa noite
Regresso a casa...
um dia de trabalho...
uma noite de teatro..
um grupo de alunos(meus) Universitários...levaram a cena um ensaio de Felizmente à Luar...
e vão a Paris, representar este belo texto... no mesmo lugar onde foi a estreia à 40 anos...
que bela noite eu tive...
tinha de o partilhar...
é bom ver jovens dedicados a Bom Teatro...
é bom saber que as coisas boas não morrem...

tulipa disse...

Começo por te dizer que adoro imagens enormes como as tuas.
Também gostaria de saber fazer assim, para o meu blog de fotografias, mas...
não sei.

Neste mundo de gentes
e pensamentos
Neste mundo de sóis
e luas
Neste mundo de sabores e
fomes
Neste MUNDO...vive-se...
muitas vezes,
sobrevive-se.

Um abraço.
Bom domingo.

Esmeralda disse...

Sobrevive-se...

Aline Ahmad disse...

Gosto demais de gostar do seu blog! Sensível, sereno... Como o outono.

Adorei um comentáro que me deixou há algum tempo. Ficaria imensamente feliz em saber que uma visita que recebo de Lisboa, constantemente em meu blog, seria a sua. Será?


Beijos de luz,

Aline***

OUTONO disse...

Rui Caetano.

Obrigado.


um abraço.

OUTONO disse...

Circe.

É sempre bom ver um pouco da cultura...apreendida pelos nossos alunos...

Obrigado pela partilha.


Beijinho

OUTONO disse...

Tulipa

Obrigado pelo teu comentário. Deixa-me dizer , que o teu remate, foi igual ao meu, quando escrevi este sentimento. Achei-o...forte demais, para o momento. E alterei-o.
Mas estou convencido que tens razão.
Qaunto às imagens grandes ou pequenas, é fácil consegui-las...no formato HTML...com um pouco de paciência chegas lá.
Beijinho.

OUTONO disse...

Esmeralda.

Obrigado por me teres adicionado como blog amigo. Já por aqui espliquei, porque não faço o mesmo.

E o teu remate, no comentário que me fizeste e agradeço, tem a mesma explicação, do comentário anterior.

Concordo obviamente.

Um beijinho.

OUTONO disse...

Aline

Obrigado pelo teu comentário. É sempre bom sabermos que o nosso trabalho, é apreciado. Desperta-nos, as emoções para mais.

Já visitei o teu Blog, e expliquei a dúvida aqui colocada.

Bjs.

Marta disse...

Olá
Eu acho que neste mundo existem pessoas opostas e mundos desiguais...


Venho dar a conhecer o meu blog em
http://www.marprofundo.net

OUTONO disse...

Marta

E bastaria um pouco de vontade...para que tudo fosse um pouco diferente...só um pouco...

Bjs.

mariam disse...

a vida...
no seu melhor vertente
no seu pior pesadelo...

desejo-lhe serena e boa, a vida.

bom Domingo
uma semana fantástica

um sorriso :)

Maripa disse...

Neste Mundo...vai-se vivendo com muitas incertezas e só uma certeza.

Poema que faz doer de tão real.
Que não nos morra a esperança...

Beijo carinhoso,querido Outono.

Pipinha disse...

Olá, boa noite. Gostei muito da foto!! Vim deixar-te um abraço com carinho, paz e alegria.
Boa semaninha.
Beijinhos.

Gerlane disse...

E, ainda bem, amigo, que existe também a vida!

Beijos pra ti!

Maria Dias disse...

Oi Outono...

Passando aqui para saber de tu e dos teus escritos...E aí me deparo com uma maravilhosa imagem e lindo poema..."E neste mundo de sóis e luas há ventos e bonanças perdidos...Paraísos de farsas e costumes..."E o mundo girando e a vida seguindo...

Beijinhos made in Brasil!

NAELA disse...

Meu lindo Outono um texto maravilhoso e extremamente humano em relação as vicissitudes da vida, neste mundo faz falta a vontade de fazer mais e melhor, de contribuir através da nossa sensibilidade para situações que requerem um pouco de nos, pois só assim fazemos a diferença!
Neste mundo de pólos opostos
as notícias serpenteiam calmas...
Os homens bebem o seu conteúdo
E as certezas, são sentenças de cada um!
Um beijinho doce

Carla disse...

vive-se sim...umas vezes em branco, outras em negro...muitas em cinzento!
Gostei muito amigo
boa semana
beijos

MirMorena disse...

Lindo...como tudo que vem de vc...
Parabéns

Bjuss de carinho e feliz semana

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Muito bonito, bem feito e bem estruturado o seu poema. Outono... O outono da vida traz consigo muitas mazelas das quais já sofro. Agora é sério mesmo, não posso sair da cama. Então, o meu único passatempo é passear na blogosfera. Ontem, fiz um post em intenção de uma amiga daqui. Passe por lá e se o julgar meritório de um comentário, este será muito bem recebido. O mesmo é válido para o post anterior, Stardust.
wwwrenatacordeiro.blogspot.com/
não há ponto depois de www
Um beijo carinhoso,
Renata

Clara disse...

Mais um poema de cortar a respiração. Excelente!


Beijinhos

OUTONO disse...

Mariam

A vida...e é necessário tão pouco, para ser uma boa vida...Digo eu...sonhador (ainda) confesso.

Obrigado pelo teu comentário. Boa semana...ainda com cerejas...

Beijinhos

OUTONO disse...

Maripa...

Que alguém supremo...te dê ouvidos!

Um beijinho muito carinhoso.

OUTONO disse...

Pipinha.


Volta sempre. Gosto de te ver por cá.

Beijinho.

OUTONO disse...

Gerlane.


E se eu adoro a vida...tenho pena de muita gente não pensar assim...E há tanta!

Beijinho

OUTONO disse...

Maria Dias

Obrigadão...viu. É assim, não é ?

A tua presença é sempre muito gratificante. Estou ansioso por ver a tua mudança de ambiente no Blog...Depois diz!

Beijinho.

OUTONO disse...

Naela, amiga.

Gostaria de não ter escrito aquele "poema"...era bom sinal.

Mas...nesta vida de altos e baixos, como apregoa o povo, vejo e sinto mais baixos do que altos...

E sinto cá dentro por vezes uma revolta, sem igual...e no entanto a minha voz e a minha escrita são apenas mínimos alertas...sem eco.

Fico por vezes tão abatido, por ver soluções tão básicas, serem... já não digo esquecidas...vou mais longe...escondidas, só para benefício de meia dúzia.

Alonguei-me ...desculpa. Queria dizer que adorei o teu comentário.

Beijinho muito amigo.

OUTONO disse...

Carla

Sem fazer humor...é a "cor da moda", o cinzento. Tens plena razão.

Beijinho muito amigo.

OUTONO disse...

Mirmorena.

Deixaste-me...uma vez mais com ar interrogativo!

Muito obrigado pelas tuas excelentes e simples palavras. Tocaram fundo.

Beijinho.

OUTONO disse...

Renata

Já visitei o teu Blog, onde deixei a minha vontade, de ultrapassares rapidamente essa dor...

A esperança, é sempre a última a partir.

Quanto ao teu comentário, é mesmo merecido? Foui tão bom.

Beijinho e muita coragem.

OUTONO disse...

Clara

Oxalá que em vez do corte da respiração, o meu escrito e pobre contributo, cortasse muitos atropelos por esse mundo fora...Oxalá!

Beijinho muito grande.

Aran disse...

Neste mundo... as certezas não existem, as polémicas são muitas, os paraísos viajam na criatividade de cada um, os cenários ora são ilusões ou cruas e duras realidades...
Neste mundo vive-se e morre-se em cada segundo...

jinhos

Juani lopes disse...

en este mundo, no seria mundo, si no existiese un poeta como tu
saluditos

OUTONO disse...

Aran

É uma visão pessimista. Mas uma
realidade mais gritante a cada momento.

Beijinho

OUTONO disse...

Juani Lopes

Que bonito o teu sentimento.

É uma ternura.

Beijo.