My music...

https://youtu.be/IhAFEo8DO2o

terça-feira, janeiro 11, 2011

VOO LIVRE...





Gostava de voar livre sem receios
Sem portagens definidas ou limites
Como a nuvem ébria e corrente
Sem horizontes de olhares
Terra fora e Mar dentro
Em ciclo de semente esperança
Sem hipnoses de pensamentos
Até ao limbo do meu extasiar !

in MOMENTOS - by OUTONO - 2007

13 comentários:

Eduarda disse...

Outono,

aqui todos os pretextos são bons para entrar. ler, fruir e sentir uma sensação de liberdade.

fico fã.

bj

Maria disse...

É esta a liberdade total.
Saberemos sê-la?

Beijo.

MeuSom disse...

mas... está nas tuas próprias asas a permissão dos mais belos voos livres, Terra fora e Mar dentro, rasantes e sem quaisquer obstáculos, simbiose de palavras e olhares teus
... para extase de quem por aqui passa...

beijo

Hellag disse...

"sem hipnoses de pensamento"...adorei! :)

JPD disse...

Será mantendo esse desejo e, de certa maneira, haver
a voos que se realizarão.

Um abraço

Justine disse...

Voamos assim sempre que voamos com a nossa imaginação. Ou com a nossa poesia, não é?
Abraço

OUTONO disse...

EDUARDA

Fico contente, nessa análise do teu gosto.

Beijo

OUTONO disse...

MARIA

Boa questão. Como sempre.

Desculpa não comentar mais...seguramente, as palavras libertavam-se antes de as dizer.

Beijo amigo

OUTONO disse...

MEU SOM

Um facto....

Obrigado.

Beijo

OUTONO disse...

HELLAG

Um mal que por vezes nem se sente...tal a hipnose!

Abraço!

OUTONO disse...

JPD

Desejos....desejos...e mais desejos.

Faz parte da rotina actual, o cancelamento de inúmeros voos...e os aeroportos passaram a ser núcleos urbanos...de gente que espera.

Um abraço!

OUTONO disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
OUTONO disse...

JUSTINE

Até o voo via imaginação, já sofre com as condições climatéricas...da chuva do desagrado!

Nem o bálsamo poesia...faz voar o mais afoito.

Beijo