My music...

https://youtu.be/IhAFEo8DO2o

quinta-feira, julho 01, 2010

Sonho-te...


Sonho acordado no sibilo do teu olhar campestre
Adivinho-te esses passos na vereda húmida da urze carícia
Recebo-te corpo solto procura de chuva benigna
Abraço-te espiral de mares cativantes rasgados de azul
Largo-te e agarro-te, no desafio infantil do ter
Leio-te na penumbra do auge sol
Caio-te nessa franja capilar doce e veludo
E volto a sonhar-te flor de lótus, verde floresta...
Despeço-me sem rigor deste tempo ouro
Num fugir à galeria outrora cheia de telas papoila
E...vejo apenas paredes nuas branco fantasma
O constante bater da porta , uníssono com a aldraba...
Ignora-me... que dia figura mês ou lua, vento ou maresia
Mas sei-te...na última página do livro enseada
Antes da penúltima esperança prefácio beijo
Crédito de um fogo nascido, nunca esquecido
No velho caminho da praia força e regular exílio
Escrevo no extenso areal outrora vontade e sorriso:
- Detesto-te...odeio-te...palavra FIM...
Quase por magia, sobrevoas o meu olhar ensonado
Roubas-me a velha cana perdida da escrita acordão
Sentencias o oceano indeciso de ondular d'alma
No apagar do apócrifo exarado em desespero
E marcas no entalhe do quartzo cristalino cansado
Numa escrita lágrima de amor murmúrio, de razão doada:
- Amanhã...e o dia ainda não nasceu...

in MOMENTOS - by OUTONO - 2010

31 comentários:

Maria disse...

O que faz um Poeta toda a vida senão sonhar?
A intensidade das tuas palavras 'rouba'-me a capacidade de te comentar...

Beijo.

poetaeusou . . . disse...

*
deixo os meus parabens,
,
as lidas palavras,
cheiram marés camprestres,
giestas marinhas
e algas dos montes . . .
,
*

Beautiful Stranger disse...

tao intenso e inspirador, parabens...


Beautiful Stranger
strangerbeautiful.blogspot.com

Pena disse...

Estimado e Simpático Poeta Amigo:
"...Abraço-te espiral de mares cativantes rasgados de azul
Largo-te e agarro-te, no desafio infantil do ter
Leio-te na penumbra do auge sol
Caio-te nessa franja capilar doce e veludo
E volto a sonhar-te flor de lótus, verde floresta...
Despeço-me sem rigor deste tempo ouro
Num fugir à galeria outrora cheia de telas papoila..."

"Isto" é de ternura e encanto imensos.
Que sensibilidade extraordinária e soberba de deliciar.
Olhe, amigo enorme, somos os "sobreviventes" de um conjunto de "blogistas" de sonho da Blogosfera. Foram-se tantos.
Já tinha saudades de entrar aqui.
É fantástico.
Abraço daqueles fortes e sinceros de pureza pela preciosidade humana que é.
Sempre a admirá-lo

pena

Bem-Haja, pela fabulosa visita.
Como adoro comentar amigos que ainda não foram embora e mostram um talento e um génio admiráveis.
MUITO OBRIGADO, gigante poeta amigo!

Desnuda disse...

querido amigo,

não posso fugir da repetição do que já foi dito: intenso. Obrigada por tanta beleza.

Beijos, com carinho.

Desnuda disse...

Amigo, estou vendo o seu video. Um sonho! Obrigada. Vou guardá-lo entre os meus preferidos. Lindo demais...

São disse...

Na penumbra da vida, sempre aparece um raio de luz...
Boa semana.

Pedrasnuas disse...

UMA ODE À NATUREZA NUMA PROSA POÉTICA E BEM DELICIOSA...SERÁ?

BEIJINHOS

G... disse...

MÀGICO

Beijo

JPD disse...

Belíssimo poema.

Um grande abraço, Outono.

mundo azul disse...

___________________________________


Belo e triste é o seu poema! É sempre um prazer, ler o que você escreve...


Beijos de luz e o meu carinho!!!

_________________________________

Nilson Barcelli disse...

Nem tenho palavras perante a excelência do poema.
Gostei muito, parabéns.
Abraço.

OUTONO disse...

MARIA

As palavras...não são intensas...talvez intensos são os sentires...que as acordaram.
O sonho é sempre um Horizonte....possível...na mente às vezes impossível.

OUTONO disse...

POETA EU SOU

Sorrio perante a tua gentileza, face à generosidade das palavras com que me presenteias.

Um abraço!

OUTONO disse...

BEAUTIFUL

OBRIGADO....OBRIGADO....OBRIGADO...

OUTONO disse...

PENA

Que bom revê-lo, neste quadro de soltar sentires...onde ainda poucos resistem...e seguem...
As suas palavras, são bálsamo e vitamina....do meu escrever, quantas vezes amargo, por não o sentir...mas doce, pelo vosso gostar.

Sinto-me lisongeado...orgulhoso de o contar entre os amigos de peito feito à amizade....que se escreve também verdade!

Um abraço!!!!

OUTONO disse...

DESNUDA

Fico sem palavras ...com estes mimos tão simpáticos da tua parte...

Um beijinho.

OUTONO disse...

SÃO



Uma boa verdade....

OUTONO disse...

PEDRAS NUAS



Não duvides....quis "beijar" a natureza....

Beijinho

OUTONO disse...

GORETI



E a magia aconteceu....apareceste!

Obrigado. Beijinho

OUTONO disse...

JPD

Um forte abraço, pelo apoio....sempre!

OUTONO disse...

MUNDO AZUL

Por vezes o triste...existe...por vezes....

Beijinho

OUTONO disse...

NILSON

As minhas palavras....são pequenas saliências neste léxico de sentimentos...

Obrigado pelo elogio.

Um abraço!

PÉTALA disse...

OUTONO
Que o sonho do amanhã nasça a cada madrugada com a singeleza destas palavras...
Aromas de
PÉTALA

Vieira Calado disse...

Obrigado pela musiquinha!

Também gostei do seu poema.

Um abraço

Maria Dias disse...

Poema lindo q mostra um amor sereno e gostoso feito um sonho bom...Parabens!

Aproveito a caminhada até aqui, para te convidar a conhecer o meu espaço aonde falo das flores(gostei muito das flores q vi no video acompanhadas da bela canção).

Beijo

Maria Dias(Do blog Avesso do Avesso do Avesso).

OUTONO disse...

PÉTALA

Oxalá...oxalá....

OUTONO disse...

VIEIRA CALADO



Obrigado amigo.

OUTONO disse...

MARIA DIAS


Um sorriso, pelo teu comentário.
Muito obrigado.

Beijinho

mariam disse...

OUTONO,

Pelo sonho vamos... costumo dizer que a vida leva-se melhor com um pé no chão e os dedos tentando tocar a lua...
Muito bonito este post.

um sorriso agradado :)
mariam

OUTONO disse...

MARIAM

O sonho comanda a vida...pena que muitas vezes a vida não sonhe...

Obrigado.

Beijo