My music...

https://youtu.be/IhAFEo8DO2o

sábado, junho 13, 2009

POEMA INCOMPLETO...



gentileza da NET

Neste lado
Do lado de cá
Espero-te...
Em compasso de ânsia...

Neste modo
No modo nosso
Toco-te...
Em sedas silêncio...

Neste sorriso
Sorriso cúmplice
Segredo-te...
Olhares natureza...

Neste enleio
Há enleios em ti
Soltos...
Essências guardiãs de paz...

Neste dizer
Há dizer em escrita
Símbolo...
Livro abraço teu..

Neste Mundo
No Mundo d'hoje
Amo-te...
Amor azul de mar...

... ... ...

in MOMENTOS - by OUTONO - 2009

49 comentários:

o Nosso cAstelo disse...

incompleto não na beleza das palavras doces embaladas em (a)mar, mas pk será perfeito quando ambos os lados se juntarem...grata por tão delicada leitura!bom final de tarde

Bruma disse...

Ai, meu amigo quantos serenatas por aqui vai!
Só não há janela... apenas oceano...

Beijinhos e um bom Domingo

LUA DE LOBOS disse...

eu não quero sair daqui :)
xi
maria

Lídia Borges disse...

Lindo!
Poderia ter sido eu a escrevê-lo.

Gostei muito do que li neste cantinho. Voltarei!

Cumprimentos

lilipat2008 disse...

E não é tudo incompleto, na vida? :)

bjs

mdsol disse...

Intenso e claro
:))

Angel of Light disse...

(Re)encontrei-te num blog de uma amiga, e resolvi vir deixar-te um beijinho em forma de gotinhas cristalinas de Amor e Luz.

Fica bem, fica em Paz querido Outono.

OUTONO disse...

NOSSO CASTELO

Se poema fosse...cojugaria a tuas palavras com a rima do verbo (a)mar..

Agradeço...do fundo. Beijinho

OUTONO disse...

BRUMA

...a janela imagina-se...e a serenata declama-se frente ao oceano pleno ...a pulmões cheios de maresia...

Beijinho

OUTONO disse...

LUA DE LOBOS

...não saias...fica para mais um sentir poema...prometo...na sequência do meu criar...

Xi

Outono

OUTONO disse...

LÍDIA BORGES

Ainda bem...fico contente.

E seguramente escreves melhor que eu...muito melhor!

Beijinho

OUTONO disse...

LILIPAT2008

Claro que é...mas a responsabilidade de o admitir...já é um passo para completar sentires!

Beijinho

OUTONO disse...

MDSOL

...é claro...que procurei ser intenso. Aliás há razões...

Beijinho

pin gente disse...

o amor é doce quando me sai azul...

beijo, outono

OUTONO disse...

ANGEL OF LIGHT

Que amiga da escrita te trouxe até mim de novo?

Que bom rever-te...sentir a tua simpatia.

Beijinho

OUTONO disse...

PIN GENTE

...no colorir do amor...há tonalidades que só se conseguem com o acto de amar...o azul...por exemplo!

Beijinho Luísa

CarlaSofia disse...

Quando o amor existe não há barreiras nem distâncias. Mil oceanos são navegados em velocidade do desejo.
Um beijinho
~universosquestionáveis~

P.B. disse...

Incompleto talvez, pois o teu sentir muito mais te permitiria! Mas lindo assim mesmo...

Beijinhos

Entre "linhas" disse...

O amor tal como o mar ,são o exilir da vida..sem eles a vida é um vazio...
Bjs Zita

Xana disse...

Quem disse que isto estava imcompleto, nada disso, aqui se sente tudinho, como sempre:)

Adoro vir aqui! beijos meus

Maripa disse...

Chamas-lhe "Poema incompleto"...mas está tão belo!

Diz tudo...é um poema completo.

Beijo e o meu carinho.

Lampejos disse...

...

Não há melhor forma de ser incompleto...
quando a melodia poética e a mais
Preciosas.

[obrigada, Outono]


(a)braços,flores,girassóis ..=)

MS disse...

Não me parece incompleto, amigo Outono. Embora nunca estejamos definitivamente saciados com o que escrevemos...

Cumprimentos da "sala".

- Morenay Flor - disse...

Olá, obrigada pela visita, e pelo elogio. Meu espírito as vezes nem está... :)
Volte sempre. Um abraço da Morenay

Vieira Calado disse...

A mim parece-me completo.

Está tudo dito.
A não ser, o indizível.

Um abraço

Isabel Branco disse...

Outono

Mar e mar...tão simples e tão belo!

Pela qualidade e magia dos teus poemas, pelo ser que em ti habita atribuo e reparto contigo o Premio Internazionale UTOPIE CALABRESI.
Para mais informação passa pelo meu blog.

Parabéns e um beijinho.

Cris Animal disse...

Voltando ao meu blog, mas antes apenas lendo e matando saudade dos amigos!

Poesia feita de amor, mais do que falar de amor!
Impressão minha ou nela há uma distância entre esse amor?

beijo pra vc

OUTONO disse...

CARLA SOFIA

Bonita imagem....e simbologia.

Beijinho

OUTONO disse...

P.B.

Se mais mar existir...mais navegarei na certeza do horizonte...e o horizonte fica tão longe...

Beijinho

OUTONO disse...

ZITA

Grande verdade. Sublime!

Beijinho

OUTONO disse...

XANA

Como sempre os teus olhos...em constante simpatia, com o que escrevo...

Deixo-te um abraço de agradecimento sentido!

OUTONO disse...

MARIPA

Primeiro...espero que esteja tudo bem. Não imaginas a minha alegria em rever-te.

Segundo, um obrigado pelo apoio. è sempre bom saber que há leituras e leitores...

Beijinho

OUTONO disse...

LAMPEJOS

Um pensador disse, que amar é sempre um acto incompleto, tal a sede crescente de amar...

Eu partilho desta opinião.

Obrigado

Beijinho

OUTONO disse...

MIKE

Boa reflexão...diria...pertinente, como em tudo na vida.

Um abraço.

OUTONO disse...

MORENAY

Volta sempre. E obrigado pelo apoio!

Beijinho

OUTONO disse...

VIEIRA CALADO

Claro ...o indizível às vezes também se diz...na escrita dos sentires.

Um abraço e obrigado pelo apoio.

OUTONO disse...

ISABEL BRANCO

Fiquei sem palavras. Merecedor dum prémio teu???

Obrigado amiga! espero nunca desiludir

Beijinho

OUTONO disse...

CRIS ANIMAL

Há sempre distância...até no acto da proximidade...na ãnsia de uma resposta...ou no sonho de uma carícia...O amor é assim feito de distâncias...também!

Beijinho

Ailime disse...

É muito lindo celebrar assim o amor e expressá-lo desta forma tão real e terna.
Gostei muito deste seu belo poema!
E em tons de azul mar, um convite à serenidade que o mar emana.
Um abraço e Parabéns mais uma vez pela delicadeza das palavras com que enobrece os seus poemas.

OUTONO disse...

AILIME

O azul e mar...são duas forças...duas cores...dois símbolos indeléveis de (a)mar ...até a vida!

Beijinho

Parapeito disse...

e vou daqui cheia de azul....e mar...que bom amar assim******

SAM disse...

Querido amigo...Os ultimos versos me encantaram...Um amigo da blogosfera( faz tempo), disse " as paredes do coração da Sam são azuis". E é... Para mim, a cor do amor, da plenitude. Junto ao mar, me passa a sensação da imensidão e infinitude do amor. E adorei este " poema incompleto".


"minuto a minuto
quis
um dia
todo azul
no teu dia

meu querer
quero crer
azulou
teu dia a dia
tudo
que podia."

Alice Ruiz


Grande beijo, amigo!

OUTONO disse...

SAM

O azul...tem magia. O teu amigo tinha e tem razão plena.

Quanto à partilha doce deste azular de coração...vou guardá-la...posso?

Beijinho

Pedrasnuas disse...

NESSE POEMA INCOMPLETO
DO LADO DE LÁ
ESPERO
QUE SE TENHAM ENCONTRADO
E SE TENHAM TOCADO
E SE TENHAM SORRIDO
E SE TENHAM OLHADO
E SE TENHAM ENLEADO
E SE TENHAM ABRAÇADO
E SE TENHAM AMADO
NO SEGREDO DA NOITE E DO DIA
AGORA POEMA COMPLETO DE SENTIRES

BEIJINHO

OUTONO disse...

PEDRAS NUAS

No amor...o completo nunca se atinge...porque a sede de amar...é sempre incompleta...(citei)!

Beijinho

Pedrasnuas disse...

E TENS TODA A RAZÃO,SENÃO O AMOR ESGOTAVA-SE,CERTO?

BJO

OUTONO disse...

PEDRASNUAS

...acredita que muita gente pensa o contrário...

Gostei de te "rever".

Beijo

Isaura Pereira disse...

Encontrei este cantinho por intermédio de outros que vou passando .... estou fascinada ...

Regressarei sempre ...

Jocas

OUTONO disse...

ISAURA PEREIRA

Que bom sentir-me descoberto, pela tua sensibilidade.

Volta sempre.

Beijinho