My music...

https://youtu.be/IhAFEo8DO2o

terça-feira, abril 28, 2009

Carta saudade...



gentileza da NET

ONTEM...deitei-me tão feliz!

O nosso encontro, decorreu como gota cristalina, no percurso da queda da flor, até à macieza da relva do jardim.

Dei-te a mão e, recusaste...porque querias ser abraçada...

Sorri e, calaste-me com um beijo ofegante, onde apenas os olhos fechados, não testemunharam o fulgor do enlace.

ONTEM, mais uma vez, consegui libertar-me das amarras deste peso laboral e, por horas...minutos na nossa consciência, fomos o par de miúdos premiados com a descoberta do verbo amar...

Depois, vieram as eternas "dúvidas"...

Dúvidas, dizes tu, vagares de olhar horizonte...digo eu.

Decorrido tanto tempo, ainda me perguntas com esse olhar cor de alfazema... - Se te amo?

"Zango-me" contigo, na delicadeza de fechar a mão na tua e, apertar-te, quase como "castigo"...e respondo na mais pura mentira... - NÃO!

Beliscas-me na cintura, colas-te ao meu peito, mordiscas-me a boca...e, segredas-me...enquanto me desmanchas provocadoramente os cabelos:

- REPETE...atreve-te...diz-me outra vez ... - NÃO!

Quase louco, não fosse o local público...respondo-te "com falta de ar"... - NÃO...não sou capaz de amar-te...senão em crescendo...

Apertas-me a cintura, com os teus finos braços e, exclamas um "MALVADO" doce, enquanto a tua anca onduleia ... devagar.

Largamo-nos, como se necessitássemos de respirar...face ao mergulho louco e fundo do nosso passear.

Recordo-te nestas palavras...hoje...já bem longe de ti, tentando manter-te frente ao meu querer. Esta vida de aeroportos, onde mal chegamos, partimos...molda-me o desejo de largar tudo e corrermos para a Ilha do Farol, onde só o cantar dos pássaros e o borbulhar das ondas, possa ser a única "poluição" do nosso viver.

Mais uma semana...quem sabe duas ou três, em que os dias são contados como calendário de prisioneiro.

Estou a escrever-te esta carta saudade ( não gosto do termo mail ), na gelataria do nosso segredo, onde acabo de cometer uma "gaffe"...que me corou.

Pedi o mesmo copo grande de gelado, com os nossos sabores...manga, cereja e menta com chocolate...e disse à empregada: - Duas colheres por favor...

Ela...interrogativa...sorri e diz: - Mas o senhor, hoje está só...

No meu pensamento, irrito-me contigo e pergunto-te: - Vês o que me fazes?

Saboreei a última colher do gelado...como se fosse o findar de mais um longo beijo do nosso amor...

Amo-te tanto...até já!

in- MOMENTOS ( by OUTONO) - 2009




56 comentários:

Perla disse...

De suster a respiração...
De derreter corações!

Lindíssima carta!

Bjs

Vera disse...

Outono, hoje tiveste a capacidade de me fazer chorar...
É de cortar a respiração Poeta!

Beijo

pin gente disse...

lindo. muito lindo. divino.
o amor em si e em ti.
parabéns!
beijo
luísa

Aran disse...

De todas as cartas que por aqui passaram, esta é sem dúvida, na minha opinião pessoal, a melhor e a mais bem escrita!

A saudade por vezes faz destas partidas!

Bjinhos

P.B. disse...

Tão lindo Outono...

Permite-me dizer-te que esta tua "carta saudade" encaixa perfeitamente na minha vida... Revi-nos (a mim e ao meu amor) nestas tuas palavras!

Beijinhos

OUTONO disse...

PERLA

Uma simples carta apaixonada e com saudade...acredita!

Um beijinho grande!

OUTONO disse...

Pin Gente

O amor é que é divino...acredita. A minha carta, é um simples retratar de um amor....

Beijinho

OUTONO disse...

ARAN

Como sempre, se a surpresa fosse amor...declarava-me a ti...

Calma, estou a falar no campo da palavra. E é nesse campo que vejo um cuidado e carinho teus, que me seduzem.

Obrigado, pelo comentário. Julgo não merecê-lo, mas não posso ficar indiferente...é sempre bom um mimo, como o que escreveste.

Beijinho grande.

OUTONO disse...

VERA

....e agora....o que comento?

Quem ficou sem respiração....MOI!

Beijinho grande, senhora das palavras!

OUTONO disse...

P.B.

Ainda bem. Sorri e ...acredita fiquei satisfeito!

Afinal o amor acontece e está presente!

Beijo.

Pedrasnuas disse...

SABE TÃO BEM DEITAR-SE FELIZ ASSIM... COM ESSAS MEMÓRIAS DE ADOLESCENTE APAIXONADO!!!

CORTA-ME ESSAS AMARRAS LABORAIS...E PENSA QUE AMANHÃ ACORDAS COM O SOL A BRUXULEAR DENTRO DE TI ...

SÃO SENSAÇÕES DE FELICIDADE TÃO RARAS OUTONO ...AGARRA ESSA CAPACIDADE DE SONHAR E VIVE ESSE AMOR ATÉ AO TUTANO...

ABRAÇO SENTIDO

Cleopatra disse...

"Beliscas-me na cintura, colas-te ao meu peito, mordiscas-me a boca...e, segredas-me...enquanto me desmanchas provocadoramente os cabelos:

- REPETE...atreve-te...diz-me outra vez ... - NÃO!

Quase louco, não fosse o local público...respondo-te "com falta de ar"... - NÃO...não sou capaz de amar-te...senão em crescendo...

Apertas-me a cintura, com os teus finos braços e, exclamas um "MALVADO" doce, enquanto a tua anca onduleia ... devagar.

Largamo-nos, como se necessitássemos de respirar...face ao mergulho louco e fundo do nosso passear.

Recordo-te nestas palavras...hoje...já bem longe de ti,"

Ou:- "Até logo"

LIndissima.

Cleopatra disse...

A recordação é tramada!!

Maria disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
mariam disse...

Outono,

________ PERFEITO ________ .(ponto)

------------- pura sedução.

parabéns! escreves divinamente ...

um abraço e um sorriso meu :)
mariam

(fui eu que apaguei o coment supra... pois entrei por lapso, com uma conta que não tem blog rs)

Cris Animal disse...

Obrigada pela visita e... chegando mais perto do seu blog!

Cores, aromas, lugares, sensações...sabores nos transportam ao passado. Um passado tão presente, tão latente e vivo. Memórias de amor que nos fazem comer com duas colheres!
Lindo seu texto.
Beijo pra vc
...............Cris Animal

MS disse...

As gelatarias secretas da nossa vida... Precisamos desses locais que só nós sabemos.Precisamos de os frequentar compulsivamente. Oh sim, como precisamos... São ao fim ao cabo testemunhas silenciosas da nossa alma.

Seja qual fôr a musica que toque nesses locais, há sempre uma banda sonora na nossa cabeça para esse local.

Cumprimentos.

Xana disse...

Estou derretida com tanta emoção amigo :)

Um até já, um até logo é o melhor que se pode dizer ao nosso amor depois de um AMO-TE!

Um fim de semana em grande com quem mais amas , beijos meus

SAM disse...

Meu Deus! Que lindo! Todo este sentimento grandioso narrado com tanta intensidade em poucas linhas, o que produz em que lê uma enorme e profunda emoção...


Beijos, amigo!

Vieira Calado disse...

Coisas do amor...

meu caro!

Quem as não tem?

Um abraço

lilipat2008 disse...

A outra colher é para nós que, tão sofregamente, te lemos...:)

bjitos

MENSAGENS AO VENTO disse...

________________________________


...ai...ai...ai!!!

O amor é mesmo lindo!

Quanta emoção em suas palavras...


Beijos de luz, o meu carinho e desejo de que sua amada volte logo para seus braços...

___________________________________

© Piedade Araújo Sol disse...

e é tao bom amar.

bela carta!

beij

OUTONO disse...

Cleo

Na sequência da tua expressão "tramada", sorrio...porque entendo-o como algo bom e negativo. Ter saudade, recordar, é sempre um exercício da nossa mente, no equilíbrio da nossa estabilidade emocional.

É um facto, recordo, lembro...ve-me à mente sentires passados, que quero presentes...e é bom. É tão bom, que muitos presentes, são saudade ainda, tal o efeito que geram e responsabilizam na minha vivência actual.

" Copiares " esta parte da missiva revela um agrado da tua parte...que agradeço e significativamente me deixa bem. Como tudo, quando há um bom "feedback" da mensagem.

Lindíssimo o teu comentário.

OUTONO disse...

Mariam

Se escrevesse divinamente...seria best seller, da escrita....e nem edições possuo, a não ser três resmas de papel, aqui e ali datadas, que pautam os meus pensamentos. Creio que exageras....mas agradeço o teu "PERFEITO" comentário com disponibilidade e simpatia...com um abraço apertado, tal o sooriso de bem estar que marcaste nele.
Gostei também desse código de longos espaços...onde o leitor é "obrigado" a adivinhar a mensagem "escondida". Excelente o teu olhar crítico...o teu lado observador.

Gosto-te tanto ...

OUTONO disse...

CRIS

Não tens que agradecer a visita...se o fiz, foi do meu inteiro agrado.

E sorrio, perante o arco íris do teu comentário. Sabes...como deixas odores de bem estar...neste cantinho de ofertaleitura, que me atrevo a oferecer.

Beijinho.

OUTONO disse...

MS

Como o entendo aqmigo Mike...os segredos da vida, por recantos secretos.

Dariam seguramente muitas enciclopédias de histórias...algumas capazes de corar os historiadores.

Não podia estar mais de acordo com as suas palavras.

Forte abraço.

OUTONO disse...

XANA

É por isso que não gosto de despedidas...fica sempre no ar um fresco agreste...de isolamento.

É então aqui que a saudade, se multiplica...na razão directa do desejo.

Um beijo agradecido.

OUTONO disse...

SAM

Tal como a palavra AMOR...pequena mas enorme de sentimentos. Pena que ...muitos sejam esquecidos, outros ignorados e ainda muitos maltratados. Coisas deste mundo, onde o Amor é trocado por uma fatia de prazer efémero...
As tuas palavras, vão ao encontro disso mesmo...a emoção de quem vive o amor intensamente.

Beijo

OUTONO disse...

VIEIRA CALADO

Um amplo sorriso...

Abraço!

OUTONO disse...

LILIPAT 2008

...sorrio com o teu jeito simpático. Ímpar...amigo.

De repente, senti que a minha escrita é sobremesa...

Obrigado Amplo.

Beijo

OUTONO disse...

Mensagens...

A amada, não está longe...mas uns "metros de distãncia", causa saudade...e ainda bem!

Felizmente!

Um beijo!

OUTONO disse...

PIEDADE

CLARO QUE É BOM AMAR...até a vida!

Beijinho grande.

Princesa disse...

Não consigo parar de ler estas tuas palavras...
Por um único momento fechei os olhos e lembrei-me de uma viagem a dois, de uma gelataria, de umas calças brancas sujas de gelado...
mas nada interessava, só via quem estava à minha frente!

Obrigada por me fazeres reviver os meus belos momentos.

Um beijo especial

susana disse...

Mas que texto delicioso! Absolutamente delicioso!

Eärwen Tulcakelumë disse...

Uma linda carta de saudade saída de uma alma sensível.
Pérolas incandescentes de luz e carinho entrego em tuas mãos.

Eärwen

Um Poema disse...

....

Obrigado por me traçar o caminho para aqui chegar.

Esta carta de saudade é, meu amigo, um hino ao amor. É preciso amar de facto, amar muito alguém, para se ter a capacidade de, com simplicidade, escrever com tanta intensidade.

Obrigado pela visita e pelo comentário.

Um abraço

OUTONO disse...

PRINCESA

Ainda bem...ainda bem!

Um grande beijinho

OUTONO disse...

SUSANA

Tinha saudades tuas...acredita!
Muito obrigado pelo teu "delicioso" comentário.

Já terminaste o conto?

Beijinho sulista

OUTONO disse...

Eärwen Tulcakelumë

A saudade...sempre a saudade, como livro de memórias.

Ter saudade, é ter sempre à mão um livro do nosso viver...do nosso bom viver...claro!

Beijinho

Multiolhares disse...

Muito linda e sensível a tua carta de amor, a saudade ainda que por instantes faz desbravar na mente belos pensamentos passados para palavras
beijos

A.Tapadinhas disse...

O teu poder de descrever as situações é tão grande que eu senti a fresca macieza da relva do jerdim, o perfume das flores, da alfazema que permanece na roupa, junto à pele...

Não te zangues comigo! Eu alterei os sabores do gelado: só gosto de baunilha!

Abraço.
António

tulipa disse...

OUTONO
com palavras tão belas em dias de Primavera, deixas-me sensibilizada...

Respiro estas tuas palavras como se quisesse que alguém as dirigisse a mim, ai como queria!

Momentos únicos!!!

Por aqui, dia 1 foi o 1º aniversário do meu "Momentos Perfeitos" e HOJE é "Dia da Mãe".
Já sou Mãe 2 vezes, ou 3 vezes, 1 filho e 2 netos, mas...até este momento ninguém se lembrou de mim, mais logo vou "buscar" um pouco de miminho através dos beijos e abraços dos meus netos, é o que vai fazendo EU ter "Momentos" de alguma Felicidade.

Beijinhos de amizade.

orkide@ disse...

Vagueava por alguns blogs quando encontrei o seu.
Achei fantástico!!
Virei mais vezes...

mdsol disse...

O maor é lindoooooooooo!

:)))

mdsol disse...

queria dizer AMOR

Ailime disse...

Parabéns para o escritor e para a destinatária de tão expressiva declaração de amor!
O amor é lindo e abençoados os que o vivem desta forma!
Muito belo o que li.
Beijinhos.

LUA DE LOBOS disse...

para quebrar a emoção e sempre a levar para a malandrice, sempre te digo que precisei de 4 bombadas de Ventilan pois tive um ataque de asma ao ler-te!!!
SAFA!!!
foi mesmo um "corte" ao oxigénio ::))adorei.
xi
maria

OUTONO disse...

MULTIOLHARES

Concordo. A saudade é uma fonte de vida...que poderá mesmo ser uma reserva para momentos frágeis.

Beijinho.

OUTONO disse...

ANTÓNIO

...curioso, não simpatizo muito com baunilha.

Obrigado amigo, pela cortesia das tuas palavras. Sabe sempre bem, "ouvir" este "feedback".

Um abraço.

OUTONO disse...

TULIPA

...fizeste-me emocionar, como avô também.

E...não sou capaz de dizer mais.

Beijinho

OUTONO disse...

MDSOL

O amor é a mais linda flor humana!

Beijinho

OUTONO disse...

AILIME

Muito obrigado, pelos parabéns.

Não é só o acto ou a imagem que fazem o amor acontecer...a palavra também. Por isso, atrevo-me a escrevê-lo.

Beijinho

OUTONO disse...

MARIA

Quem ficou sem respiração e quebrado de riso...fui eu, pelo teu lado bem humorado. E como precisava deste sorrir largo, neste dia...cheio de trabalho.

Beijo...e cuidado com a ASMA!

susana disse...

:)
Ainda não acabei o conto, mas tenho que acabar, pois tenho que o ir aos miúdos até 6ª feira. (É que, depois de ter estado num congresso, a máquina de lavar roupa morreu depois de decidir lavar o chão da lavandaria (e parte da cozinha). Coisas... bah!)

Keitty Cristina disse...

Supreendentes palavras suas. Satisfeita em passar por aqui!

Beiju