My music...

https://youtu.be/IhAFEo8DO2o

domingo, fevereiro 01, 2009

No amanhecer...



...gentileza da Net

No amanhecer calmo dos teus braços
Há sonhos âmbar inacabados de mar
Olhares sonolentos, sorrisos simples
Sobejos caídos no fazer confiante...

Desmaios fingidos de languidez
Audácias e birras de sensualidade
Movimentos frágeis e vibrantes
Como luares tardios mascarados...

Nos lábios húmidos do agrado
Gotejam rubis nascentes morango
E o ar respira-se incendiado...

A manhã tolda-se no sol tímido
Há olvidos próprios de anseios
E dilata-se o conluio do amor...

in - MOMENTOS ( OUTONO ) - 2008

47 comentários:

Peregrina disse...

Que bonito... como sempre Outono! :)

Juani lopes disse...

A manhã tolda-se no sol tímido
Há olvidos próprios de anseios
E dilata-se o conluio do amor...
pero tambien los hay que son eternos
saluditos

Xana disse...

Só espero que esses aromas , sensações e cores estejam sempre presentes nas tuas manhãs!

muito belo. beijinho e boa semana!

mariam disse...

Outono,
belo, sensual, delicado e inspirado poema! felicidades ao autor e à musa. :)

boa semana
um abraço e um sorriso :)
mariam

Eu sei que vou te amar disse...

Meu lindo Outono...quero amanhecer assim, abraçada aos teus versos, sentindo cada caricia perdida em olhares sonolentos e deixar-me levar ate ao anoitecer!
Beijo doce

A.Tapadinhas disse...

Amanhecer calmo
Anoitecer turbulento
Minguante tardio
Levado pelo vento
Como um balão vazio.
´-)
Inspirador soneto!
Abraço.
António

Clara disse...

Outono,
este poema é lindíssimo. Mais um belo poema da tua autoria!

Beijinhos

Natália Augusto disse...

Beaux texte. Belle musique.

Félicitations

Aran disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Aran disse...

Preserva e conserva sempre esse tesouro! ;)

Um beijinho grande

Peter Pan disse...

Genial Amigo:
Um poema talentoso com a sua poderosa Alma poética num coração fabuloso de sentimentos. Puros. Que deslumbram.

Parabéns!
Um "sentir" avassalador de encanto. Genial. Imenso. Intenso de sentimentos. Amor incontornável. Poderoso.
...Sofro. Mas, …sou-lhes fiel...
Prometi-me.
Prometi-lhes.
A alegria. A Felicidade.
O entendimento de “serem”. Tento auxiliar. Ajudar.
Às vezes, faço-me surdo. Faço-me mudo. Não escuto. Não falo.
Sofro.
Também me arrelio. Disparo berros. Manifesto o meu desagrado.
Mas, tudo acaba. Rapidamente. Passa.
Esvaí-se. No exacto momento em que o faço...

Um "cantinho" talentoso numa pessoa talentosa!
Abraço de imensa amizade, respeito e estima.
Com cordialidade e estupefacção

pena/Peter Pan

Adorei! Votos gigantes de alegria e felicidade.

Peter Pan disse...

...Sofro. Mas, …sou-lhes fiel...
Prometi-me.
Prometi-lhes.
A alegria. A Felicidade.
O entendimento de “serem”. Tento auxiliar. Ajudar.
Às vezes, faço-me surdo. Faço-me mudo. Não escuto. Não falo.
Sofro.
Também me arrelio. Disparo berros. Manifesto o meu desagrado.
Mas, tudo acaba. Rapidamente. Passa.
Esvaí-se. No exacto momento em que o faço...

(Extratos do Diário de um Professor ignorado)
Cordialmente e com simpatia

pena/Peter Pan

mdsol disse...

Escrita destemina e terna
:))

tb disse...

e que bom é assim despertar... :)****

☆Fanny☆ disse...

Olá, querido Outono!!!

Não podia deixar de te oferecer um mimo “Forever Friends”...

Está lá no meu blogue à tua espera :-)

Um poema cativante! Maravilhoso!

Beijinhos de estrelas*
Fanny

Maripa disse...

Belo amanhecer. Num poema sensual e puro o amor deixa-se beijar...

Abraço carinhoso,querido Outono.

JPD disse...

Olá Outono

Um exeplo de entrega elegantemente tratado.

Muito bem.

Um abraço

Parapeito disse...

...E assim vale a pena amanhecer...

Muito bonito :))*******

Isa disse...

O amanhecer é quase sempre calmo
O que nos leva para um novo dia
Mas a noite por vezes torna-se fria como uma tempestade.
Gostei muito

Carla disse...

e que melhor conluiu pode existir que o do amor!
beijos

Clara disse...

Nos lábios húmidos do agrado
Gotejam rubis nascentes morango
E o ar respira-se incendiado...

Mas que sensualidade! Adorei!

pin gente disse...

já aqui vim e o meu pc, "ploft", sucumbiu à sensualidade das tuas palavras.

muito bonito
um beijo

Desnuda disse...

Ow Ow! Que lindo, amigo Outono!


Grande beijo!

Maria Dias disse...

Nos lábios húmidos do agrado
gotejam rubis nascentes morango
e o ar respira-se incendiado...

Nossa isto está lindo demais!

Aproveitand para te dizer q vc tem um prêmio pra pegar no Avesso!

Beijos!

OUTONO disse...

PEREGRINA

Que bonita...como sempre a tua presença.

Obrigado. Beijinho.

OUTONO disse...

JUANI

No quase soletrar das tuas palavras...há carinhos muito bons. Obrigado.
Beijo

OUTONO disse...

XANA

Também espero...

Obrigado amiga. Beijinho !

OUTONO disse...

MARIAM

Sensual...é uma palavra, que nos leva sonho fora...percorremos o infinito e descobrimos...também irrealidades.

Neste caso, é sensual no verdadeiro sentido do sentir.

Beijinho.

OUTONO disse...

NAELA

Amiga...amizade...amor. Três formas de dizer suavidade com carinho e doçura. Como só tu (me) sabes dizer.

Abraço-te, com um beijo grande.

OUTONO disse...

A. TAPADINHAS

Não é fácil, a forma poética do Soneto. Tento, não adulterar a estética, a forma, a cor e até o sentir...tento!

Obrigado...também pela cumplicidade de pensamento.

Um abraço.

OUTONO disse...

CLARA

Mais um...escrito de muitos momentos do meu escrever.

Se gostas...fico muito contente.

Beijo!

OUTONO disse...

NATÁLIA

Et bien...ça me fait content...

Merci .

OUTONO disse...

ARAN

...no segredo das tuas palavras, agradeço a tua sinceridade!

Beijinho doce.

OUTONO disse...

PETER PAN

Na minha alma do meu escrever, felizmente habitam amizades ímpares, como a sua.

E,nestes momentos sempre ansiados, quão bom é sentir a força de um apoio, como verdade nobre de endereço.

Um abraço, por pertencer ao mundo mágico da sua vontade e simpatia.
A minha estima e consideração ao amigo, que um dia encontrei e nunca quero perder.

Outono

OUTONO disse...

PENA

Já por aqui o disse. Respeito a missão do professorado. Durante doze anos, por lá tive momentos bons e menos bons. Ficou a saudade.
E entendo, como um nó ( sentido) o sentir de esquecimento...
Mas não podemos baixar a nossa postura, perante a nossa vontade de apenas querermos respeitar e ser respeitados.

Um abraço cúmplice.

OUTONO disse...

MDSOL

Como o acto de amor...sensível, mas forte(mente) apaixonado.

Beijinho!

OUTONO disse...

TB

Pena que não seja todos os dias...

Beijinho!

OUTONO disse...

FANNY

E é tão bom...saber que do,outro lado da estrada...há sempre uma palavra amiga...e um sorriso cativante.

Aceito o selo emocionado.

Obrigado amiga, pela partilha.

OUTONO disse...

MARIPA

O aroma amigo do teu comentário, como sempre, é um carinho de que me orgulho.

Beijinho grande!

OUTONO disse...

JPD

Obrigado amigo, pelo teu entender cordial.

Um abraço.

OUTONO disse...

PARAPEITO

Vale...vale sempre!

Beijinho grande!

OUTONO disse...

ISA

O frio e o calor, por vezes somos nós que os fabricamos, às vezes involuntariamente...face aos dias dos nos dias.

Viver, não é um acto fácil.

Beijinho!

OUTONO disse...

CARLA

...nem mais!

Um beijo grande!

OUTONO disse...

CLARA

Escrever...é como um acto de amor, onde temos de nos entregar...completamente.

BEIJINHO

OUTONO disse...

PIN GENTE

...sorrio...a sério???
Nesta informática, o amor não funciona...

Por isso adoro escrever...com caneta!

Beijinho poetisa inspiradora!

OUTONO disse...

DESNUDA

...e o sooriso atravessou o Atlântico...beijou a minha alma...e caí no enleio!

Só tu, com o teu carinho.

Mil beijos.

OUTONO disse...

MARIA DIAS

Lindo é o teu gesto, ha tua amizade, a tua partilha.

Aceito o prémio emocionado.

Beijinho muito doce!