My music...

https://youtu.be/IhAFEo8DO2o

terça-feira, novembro 04, 2008

Arrifana - A Sul de Aljezur


Saí da vereda ajardinada do teu passeio...
para mimar a flor do teu gosto...

Segredaste-me...:

- Oferece-me aquela flor matiz sôfrega...

Disse-te...:

- Nunca "matarei" uma flor, para presentear outra flor...

Sorriste...sorrimos e, descemos até à aldeia...para tomar café.


in Diário - OUTONO - 2007


53 comentários:

JPD disse...

Belíssimo texto.
Réplicas perfeitas.
Quanto á praia, nada a acrescentar: uma maravilha.
Já a visitei também.
Toda aquela costa, desde Sines a Sagres é uma maravilha.
Um abraço

Maria disse...

:)))

Um abraço

Eärwen Tulcakelumë disse...

Querido Outono

Quando as almas sorriem juntas, sentem igual sentimento.
Gostei imenso deste teu passeio em palavras.
Tua presença em meu mundo deixa sempre um rastro de flores.

Pérolas incandescentes de inspiração e luz entrego em tuas mãos.

Com carinho

Eärwen

isabel mendes ferreira disse...

telúrico.



doce.



flor do amor!



.



como é bom saborear assim a escrita.

mundo azul disse...

Um momento de tão grande ternura é para nunca mais ser esquecido!

Lindo!


Beijos de luz e o meu carinho...

mariam disse...

Outono, se calha a responderes "mas, uma menina não deve nem precisa pedir flores... recebe-as, simplesmente!" também não ficava nada mal... :)
delicioso diálogo esse...
e para fim de conversa, encantador esse tomar de café...

também conheço a Arrifana, a costa Vicentina é toda ela linda e ainda o H pouco lhe pôs a mão, felizmente! o ano passado estive uma semana em Porto Covo e conheço um turismo d'habitação fantástico, perto do Cercal... :)

bom resto de semana
um sorriso :)
mariam

lilipat2008 disse...

O que demonstra que um gesto de amor pode ser possível tendo em conta a preservação da natureza...:)
E a paisagem é linda...:)

bjitos

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Amigo:
Não consigo comentar nada. Fiz um post a duras penas em memória a uma pessoa que perdi. Peço que me dê uma força, indo ao meu Blog.
Obrigada desde já,
Renata

firmina12 disse...

...

Juani lopes disse...

- Nunca "matarei" uma flor, para presentear outra flor...
un precioso piropo
saluditos

Maripa disse...

Palavras de ternura segredadas a uma flor que sorri...

...o café sorriu da cumplicidade partilhada.


Beijo carinhoso.

Desnuda disse...

Eu como apreciadora dos gestos singelos que expressam toda a ternura que compõe o amor, muito me agrada ler textos que descrevem tão bem a cumplicidade e a sintonia mágica entre um casal.

Lindo, amigo!


Beijo

Olhos de mel disse...

Oie lindo! Gesto cortês, encantador. Pequenos atos que mantém vivos, a flor e o amor.
Beijos

OUTONO disse...

JPD

Obrigado caro amigo.

De facto, a Costa Vicentina, é de uma beleza sem fim. Oxalá ,que alguns "ditos evolutivos" aldeamentos não a danifiquem...

Abraço.

OUTONO disse...

Maria

Obrigado pelo sorriso.

Abraço.

OUTONO disse...

Eärwen

Sorrir em dueto...amar a dois, olhar o mundo através dos olhos amados...é um soneto de esperança...constante.

Beijo.

OUTONO disse...

Isabel Mendes Ferreira

Gostei do "telúrico"...e, do sossego do teu comentário. Muito obrigado.

Abraço.

OUTONO disse...

Mundo Azul

Jamais será esquecido...

Beijinho.

OUTONO disse...

Mariam

Conforme já comentei, ainda bem que a Costa Vicentina, continua muito natural. É ainda um dos raros "sossegos" da natureza portuguesa...(RIMEI)!

Segue, mais para Sul...e encontrarás ainda melhor.....

Beijinho.

OUTONO disse...

Lilipat 2008

Aí está um olhar atento. Parabéns!

Beijinho.

OUTONO disse...

Renata

Pensa que amanhã...o sol volta a nascer!

Beijo.

OUTONO disse...

Firmina 12

Obrigado pela visita, que já retribui.

OUTONO disse...

Juani

Como se diz "piropo", para lá do Guadiana????

Saluditos amiga.

OUTONO disse...

Maripa.

Que jogo doce de palavras. Sublime!

Obrigado amiga.

Beijo muito amigo.

OUTONO disse...

Desnuda

Momentos, que orgulhosamente tenho que guardar muito bem...

Beijinho.

OUTONO disse...

Olhos de Mel

Se o amor é uma flor, a flor tem de ser regada, tratada, mimada...

Beijinho grande.

Paradoxos disse...

um poema onde se explana signos de grande beleza poética!!

observem:

"- Nunca "matarei" uma flor, para presentear outra flor..."

o que dizer?

BELO!!!!

Ailime disse...

Lindo!
"- Nunca "matarei" uma flor, para presentear outra flor..."
Um belo presente para os sorrisos que se seguiram.
Parabéns!
Um abraço.

firmina12 disse...

a minha visita foi cheia de timidez: igual a quem entra pela primeira vez, onde já se sabe que o regresso é certo

Maria Dias disse...

Decididamente tu és um homem romântico...rs.. Bonito o que acabo de ler(muito mesmo!).Bem...Passo por aqui, para lhe avisar que meu selinho presenteado por ti, já se encontra nas pareces do Avesso e ficará alguns dias,depois, eu o guardarei junto com outros q carinhosamente venho recebendo.Mais uma vez te agradeço o carinho...

Beijos em ti e em todos daí.

Maria Dias

Verónica disse...

Uma verdadeira lição de amor!

Bonita foto

Um abraço

ลndreia disse...

Preservar acima de tudo! *

Poemas e Cotidiano disse...

Uma vez...tive um relacionamento que para mim foi um dos mais tocantes da minha vida. Eu tinha
20 anos e ele foi o meu primeiro amor.
Um dia ele me ligou e disse: "Estou vendo uma rosa linda na roseira agora, ela eh sua, mas nao vou apanha-la. Quero que saiba que eh sua".
Nunca mais esquecerei essas palavras.
O seu texto me lembrou essa passagem da minha vida.
Um beijo!
MARY

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Singelo e lindo. Nada mais a dizer, amigo.
Querido, para espantar o laivo de tristeza, fiz postagem hj, sábado, sobre um filme bem atual e gostaria que você fosse ao meu Blog e me desse a sua opinião.
Um abraço,
Renata

Carla Silva e Cunha disse...

Muito original...voltarei


http://www.arte-e-ponto.blogspot.com

mariam disse...

Outono,
passei só p'rA dar um olá
dar um abraço e desejar bom fim-de-semana

mariam

Pecadormeconfesso disse...

Abraço.

OUTONO disse...

Paradoxos

Palavras...que fazem pensar.

E o primeiro pensamento é de gratidão e simpatia...

Um fore abraço.

OUTONO disse...

Ailime

De facto...foram sorrisos contagiantes e muito cúmplices...

Um abraço.

OUTONO disse...

Firmina 12

Sem receio...a casa dos meus pensamentos...está aberta.

Abraço.

OUTONO disse...

Maria Dias

Sempre me interroguei ....como pode um Avesso...ter um avesso...?

A resposta está aqui, no teu comentário...(leia-se observação).

Obrigado pelo cuidado.

Beijinho.

OUTONO disse...

Verónica

...apenas um acto de amor...que rima com flor...

Beijinho.

OUTONO disse...

Andreia

...o BOM...claro!

Nem sempre é fácil.

Beijo.

OUTONO disse...

Mary

Obrigado pela partilha desse"conto de amor"

Gostei de te rever.

Beijo.

OUTONO disse...

Renata

Ainda muita mágoa reina no teu pensamento???

Aproveita o Sol possível!

Beijinho.

OUTONO disse...

Carla.

Obrigado.

Fico à espera.

Beijo.

OUTONO disse...

Mariam


Obrigado. Fica combinado...um dia tomamos café...

Xau

OUTONO disse...

Pecador

Abraço !

Clara disse...

Nunca "matarei" uma flor, para presentear outra flor...

Fizeste-me sorrir com esta frase.

Beijinhos

tb disse...

Um texto que merece bem ser ilustrado com a maravilha deste nosso pequeno mas belo país.
beijinhos

OUTONO disse...

Clara

É verdade...sem imodéstia...

Beijinho.

OUTONO disse...

Tb

Temos um país de sonho...pena não o sabermos emoldurar...

Carla disse...

uma flor...estas palavras!
beijos