My music...

https://youtu.be/IhAFEo8DO2o

quarta-feira, agosto 06, 2008

Sexo e amor...



imagem by duffbeer

É entre os lençóis...que muitos "Golpes de Estado"...acontecem !
- Golpes doridos, porque fracassados...
- Golpes infantis, porque novos...
- Golpes dinâmicos, porque criativos...
... ... ... ... ... ...
E até o "Golpe" no dedo da mão, quando se tenta "descascar a maçã do pecado"...
Sobre Sexo, muito se diz, pouco se fala...
Hoje, sexo...é a "coisa". O crescer rápido, para se mostrar...a ilusão...rapidamente afogada...o azedume, tempos depois. Enfim, sexo...hoje...já não é sedução, apego, sensualidade, construção....momentos a repetir, doçura corporal...Não ! Nunca mais !
Acabei de ler de VASCO PRAZERES, médico, sexólogo e investigador o
-VOO DESORDEIRO DE EROS-.
... ... ... ... ... ...
Li...algures numa entrevista:
- " Uma coisa assim desordeira, e muito lúcida"
Gostei do texto. Da fronteira entre SEXO E AMOR. Dos sonhos e das liberdades.Das verdades e mitos. Dos desafios e dos medos.
Não me ensinou muito...mas fiquei convicto, que faço sexo com amor!
LIVRO RECOMENDÁVEL, MESMO... PARA QUEM NÃO TENHA RECEIO DE SE QUESTIONAR.

41 comentários:

JPD disse...

Olá Outono!

Boa edição.

Há quem diga que as únicas pulsões que se não controlam é a do sexo e a da morte.

Um abraço

Nanda Assis. disse...

eu acho que fazer sexo é completamente diferente de fazer amor.
prefiro fazer sexo, mas a anos que só faço amor.
bjosss...

mdsol disse...

Fica o registo!
Eas diferenças são assinaláveis!
:)

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Taí. Goste e muito.
Postei sobre um filme que acho que vc não viu. Apareça aqui:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
não há ponto depois de www
Um beijo,
Renata

SAM disse...

Fico feliz por você, amigo. Nem todos tem esta felicidade de fazer sexo com amor. Durante um tempo, só aceitava o sexo vinculado ao amor. Hoje, continuo achando que sexo com amor é maravilhoso e o que preenche. No entanto, já consigo desvincular o sexo do amor.


Beijos

OUTONO disse...

Olá JPD

Concordo inteiramente contigo...e obrigado pelo apoio.

Um abraço

OUTONO disse...

Nanda Assis

Verdades de opinião. No meu entender, poderíamos até construir uma espécie de lógica e ilógica acerca de amor e sexo. Seria regressar aos tempos do estudo da Filosofia...
Para mim...e já passei várias etapas...o amor e o sexo são inseparáveis. Mas respeito, outras opiniões...desde que não se danifique o amor...e o sexo!

Bjs.

OUTONO disse...

Mdsol

Obrigado pelo registo.

De facto, cada pensamento, cada opinião...

:))))

OUTONO disse...

Renata

E para tudo correr ainda melhor...é necessário muita saúde.

Beijo.

OUTONO disse...

SAM

A vida é composta de vários estádios, e estágios...

Logo, desde que seja sempre um crescendo de auto estima...excelente!

Beijinho grande.

NAELA disse...

Outono a mais bela forma de se entregar é amar...e neste amar o corpo voluntariamente desliza num prazer que só o amor sabe sentir!
Beijo muito doce

Carla disse...

...porque sem amor perde a sua essência...a sua razão de ser. Que bem que um e outro se complementam!
bom fim de semana
beijos

OUTONO disse...

Naela

Obrigado, pelo sentimento e interpretação deste "post".

Beijinho grande

OUTONO disse...

Carla.

Nem mais...tão simples e belo...

Beijo.

Desnuda disse...

Desde que seja um crescendo de auto estima, com certeza!

Ótimo fim de semana, amigo!

Beijos

Paulo Sempre disse...

«Enfim, sexo...hoje...já não é sedução, apego, sensualidade, construção....momentos a repetir, doçura corporal...Não ! Nunca mais !»


O homem é uma criatura do hábito, não da razão e nem mesmo do instinto.
O "encanto" da sexualidade "morreu" no momento em que o homem começou a copular promiscuamente.
O incentivo à "corte" e jogos de sedução, ditados por dispositivos culturais, fazem, infelizmente, parte do passado.
Hoje tudo de banalizou...até a sexualidade.
Abraço

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Não é possível um sem o outro, já dizia Schopenhauer.
Postei sobre um filme de que vc vai gostar. Apareça aqui:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
não há ponto depois de www
Um abraço,
Renata

Eärwen Tulcakelumë disse...

Felizes são os que assim conseguem! O Amor é uma sentimento divino.Parabéns por esta partilha maravilhosa.
Retorno aos poucos ao meu mundo, agradeço sempre pelo carinho meu Amigo.

Pérolas incandescentes desse sentimento chamado amor.

Eärwen

lilipat2008 disse...

E não podias ter mais razão...as pessoas já nem sabem o que é fazer amor...pelo menos algumas...

:)

bom fim de semana

mariam disse...

Olá.

gostei do fluir do texto...parabéns p'la meestria.

um livro a ler(sem dúvida)
obrigada p'la divulgação.

bom fim-de-semana
um grande sorriso :)

mariam disse...

ah! e continuo também a acreditar que o melhor mesmo, será sexo com amor... quando se tem essa "sorte" é sublime :) (:

mundo azul disse...

...ganhou-se na quantidade e perdeu-se muito da qualidade!

Penso, que é uma pena...

Muito boa a sua reflexão!

Beijos de luz e um belo final de semana!!!

pin gente disse...

gosto quando amor e sexo se confundem...

um beijo
luísa

Maria Dias disse...

Um ótimo pretexto para comentar!Bem...Quando se ama se tem mais ainda a necessidade de sexo com a pessoa amada não?rs...Primeiro o sexo vem com a quente paixão, depois o fogo abranda e vira o puro amor q é um sexo mais calmo e prazeroso. Arnaldo Jabour escreveu uma crônica maravilhosa sobre amor e sexo que se tornou letra de música por Rita Lee(vale a pena conferir o livro de crônicas, caso não tenha lido(que tem exatamente este nome"Amor e sexo" e a música da Rita também!.

Beijos e bom fim de semana Outono!

Maria Dias disse...

A propósito...Adorei a nova cara do seu blog(bela imagem!).

Parabéns!

Lu.a disse...

Oh meu Deus, haveria tanto para dizer sobre a diferença entre sexo e amor... :)))

Maria disse...

Nunca fiz um comentário tão extenso, mas este merece muito mais que qualquer outro.

Parabéns pela simplicidade e frontalidade com que abordas estes dois temas. Escrevo dois temas porque consigo discernir, salvo melhor opinião, o sentido de sexo e amor.

O sexo é um termo que banalizamos como sendo a necessidade de desejos carnais, amor é o que nos impele para o objecto dos nossos desejos.

Se fizermos a junção dos dois termos, digo-te que faço amor com paixão e não sexo com amor.

Boa reflexão. Gostei de te ler!

Beijos ternurentos.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Já comentei este poema aqui e hj o reli. É muito lindo, todos os seus poemas são lindos. Também fiz um post lindo, vc não vai prestigiá-lo?
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
Um beijo,
Renata

Juani lopes disse...

yo prefiero hacer el amor, antes que sexo
saluditos

OUTONO disse...

Desnuda

O amor tem forçosamente de ser um crescendo...

Beijinho.

OUTONO disse...

Paulo

Grandes verdades...infelizmente gostaria que fossem mentiras!

Um abraço

OUTONO disse...

Renata

É um facto. Já de seguida vou visitar-te...desculpa a demora.

Bjs.

OUTONO disse...

Eärwen

Fico feliz, pelas conquistas, mesmo ténues.

Beijinho grande.

OUTONO disse...

lilipat2008

...e o que mais adiante se verá?

OUTONO disse...

Mariam

Obrigado. E o concerto....foi AGRADÁVEL?

bJS.

OUTONO disse...

Mundo azul

Chamam a isso...progresso!?!?

Continuo sem perceber...mas eu sou eu ...!!!!

Beijo.

OUTONO disse...

Pin gente

Também....curioso!

Beijo.

OUTONO disse...

Maria Dias

Atraente o teu comentário...muito mesmo!

Obrigado. Beijinho.

OUTONO disse...

Lu.a

Então diz...começa...vá...

Beijo.

OUTONO disse...

Maria

Obrigado, pelo teu comentário.

Volta sempre.

Beijo amigo.

OUTONO disse...

Juani

Seja como for...o importante é fazer com amor!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Beijo.