My music...

https://youtu.be/IhAFEo8DO2o

quarta-feira, maio 07, 2008

O teu olhar...



olhos do amor

Foto - Autoria
A. Star


No adormecer dos teus olhos azuis
Escondo as minhas noites luar
Céus perdidos de marés livres
Quebranto de sonhos por querer
Adornos de leituras por escrever
Arejos de fruta doce rendida
E um favo de sementes meladas.

Na calma fugaz...encontro-te
No meio de palavras brandidas
Por entre traços de pontes carentes
Vejo-te névoa tangente de sobressalto
Destino esvoaçante a manejar
Entrega ao romanceiro da saga dormente
No caviloso som da denúncia.

Meu querer...meu amor...meu ardil
Julgo-te força estranha suave
Colírio sussurante cristalino
Deusa, epíteto meigo e penetrante
Carisma solto e pautado costume
Derrame de essências marcantes
Brisa queixosa de saudades.

Grito-te, vida de falas juntas
Vícios meigos de abraçares redutos
Narrativas inundantes de lágrimas seda
Porção de soros turvos amendoados
Espiral de linhas fulgor correntes
Montanhas de aromas sólidos fortes
Arco-íris vivo de cores beleza.

Fonte nobre, clareira ávida
No espaço do teu couto verdejante
Anexo a minha credencial isenta
Remeto-te o meu dote infinito
Na troca do teu indelével merecimento
Convite testemunha sem predicado
Porque vaidade, é o orgulho de te receber.


in- POEMAS (OUTONO) 2007

37 comentários:

Som do Silêncio disse...

Outono...

Gostei deste teu olhar...
Muito!

Beijo terno

Maripa disse...

" No adormecer dos teus olhos azuis
escondo as minhas noites de luar..."

Lindo,terno... escrito do coração para o papel. Olhar amoroso o teu!

Beijo carinhoso.

Thiago disse...

Só quem já se enamorou de uns bonitos olhos azuis percebe a mestria do teu poema.

um abraço não de Espanha, mas dos Paisos Catalans!! Visca Catalunya!

Maria Clarinda disse...

Maravilha de poema este teu, Outono!!!
Lindo deve ser esse olhar que te inspirou este poema lindo também.
Jinhos mil

Carla disse...

há olhares que nos transportam para uma dimensão tão especial...este teu olhar oferece-nos a magia da natureza e a suave oferta do amor
beijos esvoaçantes

pin gente disse...

também eu já adormeci num olhar azulado
que me prendeu o coração todo o seu tempo
sem o querer largar por um só momento
olhar que de azul vejo estrelado



abraço

Vieira Calado disse...

Você exagerou no amável comentário, no meu blog.
Mas Está bem...
Um abraço

OUTONO disse...

Som do silêncio

Obrigado. Fiquei corado com o teu bonito olhar...de palavras tocantes.

Beijinho

OUTONO disse...

Maripa

Se a escrita é uma paixão...o amor só pode corresponder da mesma forma.

E os olhos dizem tanto...

Beijinho muito amigo!

OUTONO disse...

Mira...Thiago

Agradeço-te o teu comentário, e as tuas comparações...

De facto...hummm...não posso dizer!

Mas vai ao encontro!

Desculpa-me a despedida. Para não errar....Um abraço desde Lisboa!

OUTONO disse...

Maria Clarinda...

Só a intuição de uma mulher como tu, "descobre" esse segredo no meu poema...

Obrigado. Um beijo muito terno.

OUTONO disse...

Carla

Como sempre...quando leio as tuas palavras...lembro-me do nosso primeiro contacto via blogosfera.

Lembras-te?

Escreves muito bem, e sinto-me, por vezes "tocado" em demasia...como se não o merecesse.

Um beijo muito doce...amiga!

OUTONO disse...

Pin gente.

O azul tem destas magias.
O azul do mar....o azul do céu...olhos azuis...

Beijinho muito azul.

OUTONO disse...

Vieira Calado

Amigo, não posso ficar calado, com o seu "sangue poético".

Creia-me, disse a verdade...e entenda-a, por favor, deste mero ensaista...

Um forte Abraço

Aran disse...

Oi!
Mhm... e parece-me que aprendeste um novo truque! ;)
Gostei do poema, mas havia qualquer coisa... agora já sei!!!
:))

Um beijinho grande e sonhos azuis

Perla disse...

Olhos azuis...
Ui!

"Porque vaidade, é o orgulho de te receber"

Beijo

EDUARDO disse...

Azulaste o olhar do poema com tonalidades de beleza e amor, um poema assim não é cego, é um farol!

Forte abraço amigo!

Cleopatra disse...

"Porque vaidade, é o orgulho de te receber."

Previlégio?

Angel of Light disse...

Querido Outono, com cheirinho a Verão (já tinha saudades desta minha introdução...hihihi)

Os olhos são a nossa alma... os olhos do coração... de quem se ama... talvez... não sei!!

Fica bem. Bom fim-de-semana!

Beijinhos de Amor, Paz e Luz!

☆ tenshicris ☆ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
OUTONO disse...

Aran

Comentário enigmático....Hummmm, terei de ver qual foi o truque que aprendi.

Obrigado pela tua presença e simpatia!

Beijinho

OUTONO disse...

Perla

Amar e ser amado...por vezes é um espaço ínfimo de pouca dura. Uma vaidade, portanto, quando aproveitado em pleno...logo um orgulho pessoal e muito íntimo.

Beijinho terno!

OUTONO disse...

Eduardo

Amigo.

Só agora com as tuas palavras:

"Azulaste o olhar do poema com tonalidades de beleza e amor, um poema assim não é cego, é um farol!"

...verifiquei, o azul intenso, que "salpiquei", nos meus sonhos.

E...de facto...o amor é cego, quando vivido à luz de um farol, como dizes...um farol que ilumina a paixão!

Um forte abraço .

OUTONO disse...

Cleo.

Neste caso...vaidade...é o momento fugaz, da união de dois quereres, e um sentimento pessoal...de quem o escreve...

Assim, privilégio, e de acordo com o dicionário:

"direito exclusivo concedido a alguém"

...elucida, melhor, assume ainda mais, esse sentimento pessoal, porque único.

Bjs.

OUTONO disse...

Angel

Creio...que já o disse, por aqui, que os olhos, são a verdade de uma comunicação.

Os olhos não mentem, o coração sim, a boca sim...até as mãos!

Logo os olhos, são muitas vezes, única razão de um amor feliz!!

Beijinho grande-

OUTONO disse...

Tenshicris

"como os nossos olhos transmitem o rodapé da nossa alma e da nossa mente..."

Há dúvidas?


Beijinho muito amigo!

Azul disse...

Boa noite Outuno!


O "Teu Olhar" é Lindíssimo e... Azul :)

Adorei!

Beijo
Azul

OUTONO disse...

Azul.

De azul...te sonhei
De azul...chamei por ti
De azul...escrevi azul...

E tu apareceste...de azul, com um beijo azul, que retribuo de azul muito doce!

Pecadormeconfesso disse...

Único??

OUTONO disse...

Pecador...

Só falo na presença do meu advogado...:))

Um abraço.

Cleopatra disse...

OH Pecador, em vez de Pecador, devias ser: -"Provocador".
LOL.
E a resposta que o Outono deu só significa que é culpado.
Culpado de este olhar não ser para ele o único.

Cleopatra disse...

Outono:
Cleo.

Neste caso...vaidade...é o momento fugaz, da união de dois quereres, e um sentimento pessoal...de quem o escreve...
Assim, privilégio, e de acordo com o dicionário:
"direito exclusivo concedido a alguém"
____________
Direito exclusivo concedido a alguém............
Concordo em absoluto.
Espero que esse alguém esteve à altura desse privilégio.
BJ

mundo azul disse...

Um belo canto ao olhar da amada...Gostei demais! Beijos e um dia muito feliz...

mariam disse...

belíssimas palavras d`alma...
sorte a da menina dos lagos azuis...

bom fim-de-semana

um sorriso :)

OUTONO disse...

Cleo

O Dr. Pecador...gosta de provocar.
Está-lhe no sangue...no exercício...na pesquisa. E, claro está, que a provocação, muitas vezes é respondida, com outra provocação...pelo menos, "lembro-me de em direito", isto funcionar!
E é até salutar...entendido como tal, como desafio...e eu gosto de desafios...

:::::::)))))))))))

Bom...tomo o último golo de café...NESPRESSO- Capriccio e confesso-me culpado. Sim sou culpado, de não resistir a olhares bonitos...e há (tenho) tantos!

::::::))))))))))))))))))))

É hoje!!!!!

E....ainda....(onde, é que eu já ouvi isto?) há PRIVILÉGIOS ...únicos...ímpares...
marcantes...que não há igual, por esses mares fora, para quem merece e está à altura...um metro e sessenta e oito...eu tenho mais dez...

Mesmo assim ....sou culpado...e quem confessa ou diz a verdade, não merece castigo...não é assim ??

::::::::))))))))))))))))))

É hoje!

OUTONO disse...

Olá mundo azul.

Em azul escrevi e amei!

Um beijnho muito grande.

OUTONO disse...

Mariam

Obrigado muito sentido, pelas tuas palavras:

"belíssimas palavras d`alma...
sorte a da menina dos lagos azuis..."

Só um pequeno reparo...da menina dos mares azuis....GOSTO MAIS!

Beijinho com sabor a mar