My music...

https://youtu.be/IhAFEo8DO2o

sábado, maio 31, 2008

01 de JUNHO - DIA "DO MUNDO" DA CRIANÇA



O Mundo da CRIANÇA, é infinito...
Tão infinito...que mesmo adultos,
Têm uma criança ...dentro de si !


belverede,http://belverede.blogspot.com/


E o menino desceu a praia azul...
Pulando, entre a areia e as águas espumosas.

Nos lábios o sorriso da felicidade...
Da brincadeira de ser criança.

Do sonho de ser grande...
E esperar o caír da noite...
Para olhar o céu.

... ... ...

- Sabes Mãe...as estrelinhas...lá em cima,
também são pequeninas como eu...
- Porque é que estão tão longe ?
- Mãe... o Sol é uma estrela ?

- Quando fores grande...
Vais olhar para as crianças...
E sonhar que já foste menino...

- Oh! Pai...tu gostas das crianças ?
- Claro que gosto...
- De todas as crianças...Pai ?
- De todas !
- Ah ! Então também gostas de mim !
- Mãe...porque há o Dia da Criança ?
- Porque há o Dia do Pai...da Mãe...

- Hoje o dia foi muito pequenino...
- Vês...filhote...porque foi o Dia da Criança...

- E amanhã...também pode ser ?
- Vá lá !!!
- Pode ser ??

in - Apontamentos (OUTONO) 1997


37 comentários:

mariam disse...

simplesmente, digo, enormemente...delicioso!!!

li rápido, depois devagarinho...

e, abençoados os adultos que trazem uma criança dentro de si... e que não se envergonham de a mostrar... Eu tenho!

bom fim-de-semana
semana em "alta"

um sorriso :)

PS. sou beirã (albicastrense) mas desci aos "mouros" à uma data d`anos... e gosto (muito) de cerejas e das flores delas ... e das serras onde se dão (Gardunha, Bornes) :)

MirMorena disse...

Aqui no Brasil a data é em 12 de outubro, mas já te digo, para mim que tenho um miudo de 9 anos, todos os dias são abençoados de muitas brincadeiras que me envolvem...que me fazem muito bem...

Feliz domingo
Bjuss de carinho com sabor de algodão doce....

Val Du disse...

Quanta beleza e harmonia.
Li e me senti tão bem com essas palavras.

A foto é um espetáculo!

É muito bom quando encontramos algo que nos alegra.

Abraços

Val Du disse...

Ah, esqueci de dizer: a data é 01 de Junho e não de Julho c/ você escreveu.
Desculpe, não estou querendo ser chata, apenas te dar um toque de que você trocou o mês. Ok

Abraços

NAIKAN disse...

Adorei..

Às x enrubesço quando me dizem que pareço uma criança.... Fico envergonhada se me repreendem e dizem que nunca vou crescer... mas lá no fundo sou feliz assim..

Sei que nunca vou ser verdadeiramente "crescida".

Hoje não vou estar com o meu filho para comemorarmos juntos o dia "do mudo da criança"...

- E amanhã...também pode ser ?
- Vá lá !!!
- Pode ser ??

Feliz dia...
Bjs

Ailime disse...

Poema lindo, num cenário azul de mar, onde todos gostaríamos de ver as crianças de todo o mundo a brincar...
Perguntas, que bateram bem no fundo do meu coração, a fazer-me lembrar as perguntas sem fim, dos meus filhos enquanto crianças: "Mãe, porque é que o mar anda para cá e para lá?"
Maravilhoso o seu poema, maravilhosas as crianças!
Lutemos por elas e pelos seus direitos!
Fiquei muito emocionada!
Muito obrigada.
Um beijo.

Maria disse...

Não tenho palavras para te comentar....
Apenas para te agradecer o belíssimo poema que aqui deixaste, e a fotografia...

Muito obrigada.
Bom domingo

Maripa disse...

Que poema lindo,cheio de ternura...
e de saudade também.

Aaahhh,mas tu tens uma criança dentro de ti,sabias? Sinto-o,mesmo de longe...

Obrigado pelo teu carinho,querido Outono.

Beijinho.

Xinha disse...

Querido amigo, impossível não citar "O Principezinho":

"Regardez le ciel. Demandez-vous: Le mouton oui ou non a-t-il mangé la fleur? Et vous verrez comme tout change...
Et aucune grande personne ne comprendra jamais que ça a tellement d'importance!"

Que saudades de ser criança... Em que um beijinho no joelho esfolado era suficiente para deixar de doer! Em que viviamos na doce inocência do desconhecimento daquele lado mais cinzento das pessoas e do Mundo...

Há lá coisa melhor que o sorriso de uma criança?! Hoje e sempre, que seja o seu dia!

Beijinho grande*

OUTONO disse...

Mariam

...fiquei...!!!!!!!!!!!

Isso não se faz, amiga, um obrigado do fundo pelo comentário.

Acredita que me senti criança, ao ler-te. Como é bom sentir essa frescura. Tens razão, eu tenho uma criança...desconfio que muitas...dentro de mim....e não me engonho de o dizer.

Uma óptina semana, amiga albicastrense...terra de um jardim magnífico...único, e de gente boa.

Um beijinho. Volta sempre.

OUTONO disse...

Mirmorena

Ser eternamente uma criança, um sonho...

Brincar com eles...´são momentos únicos.

Beijinho.

OUTONO disse...

Val du

Obrigado pela correcção. Estava já a pensar nas férias...

O teu comentário encheu-me uma vez mais...fiquei feliz, neste dia, onde procuro fazer ...ser criança!

Um beijo

OUTONO disse...

Naikan

Não te preocupes, em crescer...

Ignora os comentários ocos e dispersos. Seguramente, quem os faz, nunca teve a felicidade de ser criança.

Obrigado pelo comentário. Foi tão bom.

Beijinho.

OUTONO disse...

Ailime

Todos nós, que hoje somos pais, e ontem éramos crianças, sabem a felicidade de um sorriso amigo.

Por eles, para eles, devemos lutar sempre pelo melhor.

Beijinho. Volta sempre.

OUTONO disse...

Maripa

Saúdo o teu regresso. Tive saudades tuas. Como menino, à espera dos teus amigos e doces comentários.

E hoje, trouxeste uma prenda...saberes da criança, que habita dentro de mim. Habita sim !

Um beijinho, e um xi muito apertado.

OUTONO disse...

Xinha

Já te disse...a citação foi um raio de sol, na felicidade do dia de hoje.

Esse teu sexto sentido, implacável e determinante...

Magia, sabermos ser crianças.

E essa partilha da adolescência, ainda hoje funciona...pensa bem, quando fazes um "dó-dói"...

Beijinho, menina Xinha e pensa que amanhã o sol vai nascer...

OUTONO disse...

Maria

Há sempre palavras...e mesmo quando não surgem...o silêncio também se escreve.

O teu escrever, marcou, uma vez mais, um impulso de escrita, onde pretendi apenas apelar à criança...

Um beijinho, muito doce.

tulipa disse...

SONHAR é um direito que todos temos.
Eu «sonhei» um dia ter uma «menina», demorou 47 anos a chegar, mas...veio a «menina» que é a luz dos meus olhos.
Convido-te a veres este MOMENTO PERFEITO «Especial».

Tudo de bom para ti.
Um abraço.

circe disse...

como gosto de te ler!...
obrigada

Pérola disse...

Vim retribuir o comentário simpático que deixaste no meu blog. Podes vooltar, claro!

Todos nós somos crianças quando sonhamos.

Beijinho.
Pérola

Vozes disse...

Finalmente... tempo para apreciar uma faceta comentada mas não conhecida. Estou orgulhoso do amigo que tenho, e da forma como essa amizade nasceu e cresceu. Penso que ainda vai ser capaz de fazer melhor, quando a inspiração for alimentada uns dias pelos ares de um certo Condado Beirão...
Aquele abraço...

PS: A da cereja é uma maldade tão grande!!

Lampejos disse...

Outono,

A felicidade mora num mundo pequeno...no mundo das crianças... E não naquele grande onde nós nos perdermos.

.......


(a)braços,flores, girassóis :)

JPD disse...

Completamente de acordo

Aran disse...

:)
Mhmmm... aquele momento único, que fica eterno, tão doce... que vão descobrindo em "silêncio"... e o outro quando começam a descoberta...
Ai, bonita imagem... até apetece recuar no tempo! ;)

Jinhos

pin gente disse...

Não respondeste!
Pode??




abraço
luísa

ps - dediquei-lhes o dia de hoje. aparece

NAELA disse...

Outono uma ternura este poema...a foto que acompanha traz magia e encanto nestas palavras que adormecem no olhar de uma criança!
Beijo magico

OUTONO disse...

Tulipa...

Esperar é uma grande virtude. Por esse "momento único", de certeza que ainda foi melhor. No momento que te escrevo, já visitei a tua partilha bonita.

Oxalá, tenhas momentos deliciosos com essa luz dos teus olhos...

E sei do que estou a falar...também tenho duas lindas filhas.

Beijinho.

OUTONO disse...

Circe


O prazer...e a honra...são o meu sorriso, em contar-te no meu Blog.

Acredita.

Beijo.

OUTONO disse...

Pérola.

Obrigado pelo teu carinho.

Curioso, pérola...um lindo nome para designar, estes meninos de hoje...

Beijo.

OUTONO disse...

Vozes

Quando as Vozes da terra, apelam...tudo se transforma. São momentos de amizade e imensos, como o florir de um poema nascente.

São palavras, sempre respondidas, na magia de verdades e abraços.

São, os amigos...presentes de todos os momentos.

Ainda bem que esta Blogosfera, nos traz, muitas vezes sem uma visualização...retratos únicos de gente boa.

À boa maneira das Beiras...bem haja, e que as vozes não se calem, tal como desejo para este Blog.

E na falta de vitamina...uma boa cereja ajuda...sem maldade!

Um abraço.

OUTONO disse...

Lampejos

A tua grande verdade, deste mundo dos pequenos...

E como nos esquecemos deles.

Obrigado, pela lembrança.

É bom ter-te por cá...

Beijinho.

OUTONO disse...

JPD

A verdade só pode estar de acordo...com a verdade.

Os meninos de hoje...vão ser os grandes responsáveis do mundo de amanhã...

Ao ignorá-los...ignoramos o futuro.

Um abraço

OUTONO disse...

Aran

Depois desta publicação, tive uma vontade imensa de dizer adeus, a esta urbe, que me consome e, partir para bem longe...acompanhado das minhas meninas...e viver o dia da criança mais longo do meu orgulho.

Mas cedo passou esse desejo, quando me lembrei do trabalho, e da obrigatoriedade de não faltar...

Fica para a próxima...

Espero que tenhas brincado muito...com quem de direito...

~Beijinho~

OUTONO disse...

Pin gente

Já respondi...mas este trabalho é demolidor.

Perdoa-me!

Li palavras tão lindas....Parabéns!

Beijinho

OUTONO disse...

Naela

Finalmente...

Estava a ver que perdias este passeio...à beira mar, no dia da criança.

Apetece...sonhar...não é?

Beijinho de algodão doce, pelo teu carinho.

Cleopatra disse...

Alguém diz que sou miúda pequena. E eu gosto. Mas por vezes fico a pensar...

OUTONO disse...

Cleo

Várias leituras.

Quem te diz. Como diz. Porque diz.

Não te conheço, pessoalmente...imagino-te...mulher "grande" de sentimentos, alegrias, impulsos...enfim, tenho-te em boa conta.

Pequena...em altura? E isso importa?

Se és boa pequena...se calhar sempre foste cordata, amiga, sincera...desde pequena, e o trato não muda, ainda bem!

Se tens uma pequena criança dentro de ti...?

Eu tenho...e não me envergonho de o dizer. Penso, que é salutar.

Mas compreendo a tua dúvida...por vezes, também tenho a impressão, que há no trato de "pequeno"...leitura menos abonatória. É simples, esclareço! Nem que fique a perder ...