My music...

https://youtu.be/IhAFEo8DO2o

sábado, abril 19, 2008

De colocar os cabelos em pé....




Dúvidas...????


***



"Ler mais, é saber mais!"


Uma frase, original, e retrato fiél da cultura social de um povo.


Em Portugal, lê-se pouco...muito pouco!


Felizmente e anualmente (pouco), realiza-se a FEIRA DO LIVRO, num dos mais bonitos jardins da cidade de Lisboa. Parque Eduardo VII.


A notícia acaba de romper...e, pasme-se:


***





FEIRA DO LIVRO EM DISPUTA


A Associação Portuguesa de Editores e Livreiros e a União de Editores Portugueses, não se entendem.

Ambas pediram à Câmara Municipal de Lisboa, em separado, a organização das "suas" feiras do livro na mesma data (21 de Maio a 10 de Junho) e local ( Parque Eduardo VII).

À margem da disputa, mais de 60 editores e livreiros reuniram, e reiteraram a vontade de realizar o evento livreiro e cultural nos moldes habituais.

Por entre linhas de actuação, há já movimentos estranhos , a dizer que se favorece este...., esquece-se aquele...., este grupo agora é quem manda...e até acusações de um pretenso organizador, tratar "abaixo de parvos" os seus associados.


***


Meus senhores. Vamos lá a ver se a gente se entende!

Por favor, organizem-se!

Não nos roubem a FEIRA DO LIVRO...e muito menos façam política de capa e sebenta, com este evento cultural e económico. É simples. Se os livros estão caros, aqui produzem-se preços em conta. O mesmo será dizer, que a cultura está cara (infelizmente), e por aqui, sempre se conseguem uns Saldos Culturais enriquecedores. E bem precisamos!

Para quê "guerrinhas de quintais livreiros?"


***


A ver ( ou melhor - a ler ) vamos!

16 comentários:

Aran disse...

Pois é... até aqui... não escapam às disputas!!!
É verdade que em Portugal se lê pouco, mas creio que isso já está a mudar!!!
Por vezes a falta de tempo também contribui para esse lapso...
Na verdade nenhum livro é caro demais quando realmente se tem interesse em ler e adquirir.. salvo os de âmbito artístico, esses são caros mesmos!!!

Jinhos

OUTONO disse...

Caríssima Lady

Na fila da frente...como convém.

O teu comentário é oportuno. Direi mesmo, actuante.

Quando dizes que o panorama da leitura em Portugal, está a mudar,para melhor, terás de equacionar, a mudança de hábitos. Hábitos como a montanha de jornais gratuitos que invadiu as grandes cidades. Aí, aumentou o índice de leitura, atenuou a percentagem do o teor de análise.

Tal facto não é suficiente para se dizer, que se lê mais...livros.

Depois temos o preço dos "ditos". Caríssimos, e em contrapartida os seus autores a receberem migalhas autorais. E depois ainda, os ditos suportes informáticos, que tiram todo o prazer de uma boa leitura.
Hoje, se quiseres, nem precisas de ler...ouves um livro!

Para mim, o cheirinho do livro, o voltar a página, o mexer no marcador, e ter o peso nas mãos do volume....etc. continua e continuará a ser uma mais valia cultural.

Por isso, e com medo, que com estas "guerrinhas de livreiros e demais obreiros" a FEIRA DO LIVRO desapareça, editei esta preocupação.

Sei de antemão, que o meu factor apreensivo, não é válido para uma decisão de monta. Mas isso são análises de massas sociais e culturais...e... A VER VAMOS!

Aran disse...

Por acaso tenho sido testemunha de ver pessoas de livro na mão!!! E para o que se via ...e o que e vê... já é um bom sinal... oxalá cresca!
E os jovens hoje já estão mais "cultivados para a leitura"... outro bom factor!
A leitura cultiva-se, e "é de pequeno que se torce o pepino"...
É bem verdade que os seus autores recebem migalhas... mais ainda, só usufruem do seu real ganho após algumas edições de sucesso!
Agora não podemos impedir a evolução das novas tecnologias... em que já temos livros editados em CD! Mas tem a sua lógica...
Não esqueçamos o quanto os jovens são adeptos a elas!
O cheirinho do livro, o voltar a página, ter o peso nas mãos do volume, o tactear a sua encardenação.... sei como é!!! Dá gosto quando são de boa qualidade!!!

Xinha disse...

A ler vamos!:) Onde isto chegou, realmente!
Eu cá sou adepta fervorosa da leitura, felizmente ganhei esse hábito desde o momento em que comecei a conseguir juntar as letrinhas, também em grande parte, por incentivo da minha mãe que sempre nos incutiu o gosto pelos livros. Mas tenho noção que, principalmente "a malta nova" não tem grandes hábitos de leitura... em parte devido às novas tecnologias é verdade, mas também porque nunca foram "incentivados" nesse sentido... se em vez do último jogo para a PSP os paizinhos lhe oferecessem um bom livro...

Beijinhos amigo, esperemos que estas "guerrinhas de quintais livreiros" acabem em bem para nós leitores!

OUTONO disse...

Obrigado amiga XINHA, por me teres entendido e partilhado esse prazer único de uma boa leitura, num bom livro.

Espero-te na FEIRA DO LIVRO...

Até lá...beijinho com letras.

SAM disse...

Querido Outono,

No Brasil, lê-se MUITO pouco. Não imaginas o quanto! E o preço dos livros é caro. Mas, para quem gosta de ler e sendo a leitura um grande prazer, vale mais o prazer ( negado para a maioria dos brasileiros e a falta de interesse também dos que podem, mas seja por falta de formação cultural ou de valorização supérfluas).A cidade que mais incentiva a leitura e a valorização da poesia e literatura na formação das crianças é a cidade de Bento Gonçalves ( veja o site no meu blog Congresso Brasileiro de Poesia - vai adorar!), localizado nas Serras Gaúchas. Rio de Janeiro e São Paulo a efervecência cultural.


Beijos com carinho.

José disse...

Olá Sam

O que neste momento acabei de aprender...Que bom este intercâmbio, apesar da distância.

Ainda bem, que existem sítios e pessoas a remar contra a incultura!

Um beijo culturalmente cheio!

OUTONO disse...

Sam

O escritor (anónimo) disse:

Hoje leio, a presença das letras de amanhã ...oxalá que a saúde me acompanhe

Um abraço muito forte

ninhas disse...

Nunca fui a esta feira do livro. Vou fazer tudo para lá ir...apesar de não saber muito bem onde fica o parque Eduardo VII. Ainda conheço poucas coisas por cá. Mas como diz o ditado "Quem tem boca vai a Roma" e eu vou concerteza encontrar.
Por isso espero sinceramente que esses senhores se entendam para que a feira se realize!!!
Quem sabe não nos encontramos por lá!!! :)

Beijinhos

Jeff disse...

Se aíem Portugal o hábito da leitira é precário, imagina aqui no Brasil??????

Só para vc ter uma idéia, as pesquisas que já foram realizadas afirmam que a média anual do brasileiro é bem menor que 10 livros/ano. Imagine que vergonha!

Os preços dos livros são extremamentes caros e quem gosta de lê, realmente só os compram por prazer.

Caro Outono, não estamos em realidades diferentes ... basta recordar-mos que tudo isso é uma questão hitórico-cultural.

Politicas voltadas para o incentivo a leitura, são raras ... as quais me fazem pensar que o governo não tem interesse em ter seu povo informado ... (coisas minhas)!

É ... mas existem pessoas como nós que estamos aí para divulgar o hábito da leitura ...
Pq sem sombra de dúvias: quem ler mais com certeza sabe mais!

Abração ....

OUTONO disse...

Olá Ninhas.

Parque Eduardo VII, no topo da Av. da Liberdade, depois do Marquês de Pombal.

É fácil

É um mundo mágico, onde (quem ama a leitura) se perde, gasta uns euros, e até convive e sai com livros autografados pelos autores.

Vale uma visita.

Beijo

OUTONO disse...

Olá Jeff

Não tenho dados, que me permitam avaliar essa comparação. Sei, no entanto, que a cultura e aleitura, andam um pouco esquecidas. Nisso concordo plenamente...

Felizmente que ainda não se paga para escrever um BLOG...

Um abraço.

Ni disse...

Nem no fraquinho eles conseguem estar quietos! Das poucas coisas boas que temos por aqui, no belíssimo "Jardim do Palácio de Cristal" aqui no Porto ;)é a Feira do Livro!
Eu Adoro ler! E tento, ao máximo, incentivar os participantes dos meus 360º, que é a minha vida, a ler...
Comecem por coisas simples com um jornal. Escolham um tema que vos agarre as paginas! O que interessa é ganhar o hábito, depois os temas começam a conquistar-nos aos pouquinhos!
E como sabe bem sabermos sempre mais um pedaço do Mundo todos os dias...

Beijinhos culturais da Ni*

OUTONO disse...

Ni

Sábias palavras:

- "Comecem por coisas simples com um jornal. Escolham um tema que vos agarre as paginas! O que interessa é ganhar o hábito, depois os temas começam a conquistar-nos aos pouquinhos!"

Mas...não só a leitura, a cultura na sua generalidade, continua a ser a migalha do grande banquete...

Ainda bem que "aos pouquinhos" vamos agitando a nossa vontade cultural.

Beijo pertinente.

Ana Luar disse...

Não sei se ainda está a decorrer... mas aconselho a feira do livro no mercado da Ribeira

Estive lá comprei uns quantos livros que procurava e espero sinceramente voltar a ver livros excelentes a tão bom preço como encontrei por lá.

OUTONO disse...

Olá Ana Luar

Creio que se realiza todos os fins de semana...estarei enganado ?

Julgo saber, que é também uma grande feira para coleccionadores.

Obrigado pela "dica".

Beijinho literário!