My music...

https://youtu.be/IhAFEo8DO2o

segunda-feira, novembro 08, 2010

...lágrimas de maresia...



Habito o teu sorrir amplo, nesta varanda de mar
Janela promessa de um horizonte perto e solto
Imagem de um banhar prata e espelho cristal
Onde o azul é leitura de flor viagem e perfume...

Geometria e simetrias de acasos sempre válidos
Gostos de prazeres naturais, paleta de conivências
Cores indiscutíveis de fertilidade segura no acontecer
Questões sem fim de mimos repetidos mas desejados...

Mesmo no vazio da saudade...a chama flutua doce...
E a seda brilho do estar...mostra-se ousada e verseja...
No capítulo presente de sempre ...crepúsculo outonal!

No cair do pano...rente à noite...no descanso de amar
Ouve-se apenas o canto da noite silêncio em redor
E as últimas lágrimas da maresia... tonificam o olhar!



in MOMENTOS - by OUTONO - 2010

34 comentários:

Lídia Borges disse...

Uma saudade qualquer esconde-se nessa "lágrima de maresia"

Muito bonito!

Maria disse...

De tanto amares o mar... como eu te entendo!

Beijo, Outono.

SAM disse...

Meu querido amigo,

"Questões sem fim de mimos repetidos mas desejados..."

Lindo verso. Belo poema e fotos maravilhosas. Obrigada, amigo.


Carinhoso beijo

Justine disse...

Tão clássico! Adoro sonetos:)))

A.Tapadinhas disse...

Palavras soltas como da paleta de um pintor inspirado...

Palavras que tonificam o coração!

Abraço,
António

Nilson Barcelli disse...

"E as últimas lágrimas da maresia... tonificam o olhar!"
Um soneto excelente e fechado a chave de ouro, como mandam as regras...
Caro amigo, um abraço.

Vieira Calado disse...

Pois, amigo!

No crepúsculo outonal

ouve-se tanta coisa...

Forte abraço

Xana disse...

É nessa assimetria da saudade e do amor, que tudo gira...melhor mesmo quando perto do cheiro a maresia :)

beijinho

poetaeusou . . . disse...

*
na geométrica varanda,
o mar cinzela o olhar !
,
um belo soneto,
,
saudações,
,
*

mundo azul disse...

______________________________

...bonito!!! São palavras de doce melancolia...


Beijos de luz e o meu carinho!

______________________________

Maria P. disse...

...já tinha saudades de vir aqui.

Beijinho*

tulipa disse...

OLÁ AMIGO

Como é habitual, mais uma excelente poesia.
Parabéns.

Pego em algumas palavras tuas e escrevo:

Habitas o meu sorrir,
sempre que me recordo
da tua visita surpresa
à minha exposição,
em Alpiarça.
Foi há 1 ano que lá te conheci.

Mesmo no vazio da saudade...
vamo-nos encontrando pela net,
aqui ou no Facebook,
sigo-te.

Beijinhos.

OUTONO disse...

LÌDIA

...talvez...as saudades são sempre lágrimas...que podem ser de maresia.

OUTONO disse...

MARIA

...esse mar....esse verbo (a) mar e o navegar solto...velas sentido e sóis por romper...

Beijo.

OUTONO disse...

SAM

...carinhosa presença...que muito me honra.

Grato...um beijinho!

OUTONO disse...

JUSTINE

Senti por dentro...esse "Tão clássico"...que me honra.

Muito grato!

OUTONO disse...

ANTÓNIO

Lágrimas...desta tentaiva de dizer poesia...que tiveram a alegria da tua presença.

Grande mestre da pintura, saúdo-te com um forte abraço!

OUTONO disse...

NILSON

Se tu o dizes...agrada-me que assim o seja. Sabes tão bem como eu, como é ansioso saber das leituras às nossas palavras. Fico muito agradado com a tua sensibildade e simpatia.
Um grande abraço!

OUTONO disse...

VIEIRA CALADO

Eu até já ouvi o amigo declamar poemas...e foi um crepúsculo cultural muito bom.

Um abraço!

OUTONO disse...

XANA


Simetrias e assimetrias do verçbo amar...palavras e sentires do acto de dizer amor...ecos de momentos.

Beijinho.

OUTONO disse...

POETA EU SOU

Grato pelo comentário...que me soletra um grito de amizade e um impulso de escrita!

Um abraço!

OUTONO disse...

MUNDO AZUL

...momentos de momentos.

Beijinho!

OUTONO disse...

MARIA P.

E eu também tinha saudades...

Obrigado amiga

Beijinho

OUTONO disse...

TÚLIPA

E como guardo essa recordação...
Sensibilizado...agradeço a tua simpatia...e apelo à tua fabulosa criatividade que me fascina!

Um beijinho!

Multiolhares disse...

Olhando o espelho de cristal
com a palete cheia de cores
pinto no horizonte o crepúsculo da vida
beijinhos

OUTONO disse...

MULTIOLHARES

...e ainda bem, que assim acontece!

Beijinho!

G... disse...

Molhas com lágrimas de maresia e olhar tonificado palavras de... magia.
Como sempre, é impossível não ir atrás e não sentir....
Beijinhos amigo

Nilson Barcelli disse...

Quando te digo que é bom, é porque é bom mesmo.
Reli e confirmo...
Abraço, caro amigo.

Fernando Santos (Chana) disse...

Excelente....
Um abraço

OUTONO disse...

G...

Palavras...que não são levadas pela Net...antes pela tua simpatia, que agradeço.

Palavras que enchem...e dizem positivismo...

Palavras...minhas...que continuarei a "dissecar"...não sei até quando!

Beijinho.

OUTONO disse...

NILSON...

Num sorriso...agradeço...grande mestre...pela simpatia...e abraço, que serve de impulso. Jamais esquecerei

OUTONO disse...

FERNANDO

Excelente é contar contigo...

Um abraço!

AFRICA EM POESIA disse...

Outono


Saudades da maresia e não ´só...ç


....... O meu livro "CAMINHEI...CAMINHANDO!" finalmente vai nascer.......
Mais um sonho realizado.
Um sonho transformado em poesia.
A todos os meus amigos deixo a capa no meu blog

um beijo
lili laranjo

OUTONO disse...

AFRICA EM POESIA


...parabéns...e sucesso ( garantido)!

Beijinho!