My music...

https://youtu.be/IhAFEo8DO2o

segunda-feira, abril 13, 2009

Cada poeta...





...nos céus da Net

Cada poeta é um coral
Perdido de palavras soltas
No mar lá longe, sem igual
Ébrio de sedes envoltas.

Turva é a saudade encanto
Olhos lágrima num gotejar
Caída no rascunho manto
Sofredora pelo sol no acordar.

Frágil luar, singular princesa
Ousadias, gostos e incensos
Ventos em cascata, dor acesa
Cores prometidas, signos imensos.

in MEMÓRIAS - OUTONO -
Rascunho não datado, nos céus de uma viagem intercontinental ...


40 comentários:

lilipat2008 disse...

Rimaste outra vez...e que bem que ficou...:)

bjitos

Pedrasnuas disse...

TU TENS IMENSA SORTE
SERES UM CORAL
DE PALAVRAS ACESAS....
E IMAGINAÇÃO DE GRANDE PORTE

BEIJINHO SENTIDO

Carla disse...

e em rimas de coral me perco encantada
beijos e parabéns

Maria Clarinda disse...

Que maravilha de poema....já tinha saudades de te ler!!!!
A foto ficou optimamente no poema. Jhs.

OUTONO disse...

LILIPAT2008

E que bem me "tocou" o teu comentário...

Beijinho

OUTONO disse...

Pedras Nuas

A minha sorte é o teu ler
De palavras em coral orlado
Dizeres de um sempre crescer
Num querer forte meu aliado.

Beijinho grande

OUTONO disse...

Carla

Também me perco no teu sentir...e encontro-me na tua palavra...

Como os sóis passam e, as luas acariciam...

Beijinho grande

OUTONO disse...

Maria Clarinda

Vem sempre que te apetecer...estou à tua espera!

Beijinho

P.B. disse...

Tão bem que lidas com as palavras... E tão lindo que ficou o teu poema!

Beijinhos

mdsol disse...

Que bem

:))))

Maripa disse...

Uma a uma, as palavras,como as ondas,beijam a tua praia em jeito de poema...

Beijo carinhoso,Outono querido.

mundo azul disse...

_________________________________


...bem lindo!

Gosto do seu versejar...


Beijos de luz e o meu carinho!!!

__________________________________

Eu sei que vou te amar disse...

Perdi-me em teu ceu, nesta viagem onde a poesia se perde na imensidao do meu sentir numa magia acesa!
Maravilhoso o teu poema
Um beijo doce

Maria Anjos Varanda disse...

é sempre muito bom o que escreves....com rima ou sem rima..

Beijos

Xana disse...

Olá meu coral mas nada incerto !!!
beijos meus
e uma semana linda!

© Piedade Araújo Sol disse...

poema bem rimado e muito agradavel.

a foto tá bem apanhada, mesmo a voar por entre as nuvens.

gostei do conjunto.

beij

Multiolhares disse...

Muito bonito o poema, e a foto a condizer
beijos

OUTONO disse...

P.B.

As palavras, são o elo da comunicação. São um amor ( para mim) à primeira vista. A escrita, sem receios é uma amante, que me orgulho de ter.

Obrigado pelo teu apoio, com palavras.

Beijinho

OUTONO disse...

Mdsol

Um sorriso para ti também e, obrigado

Abraços

OUTONO disse...

Maripa

Há palavras pequenas, como mar , pai, mãe, que são magia e ternura.

Amá-las é um pouco do nosso amor por existirmos.

Escrevê-las, é o realce desse querer.

Beijinho

OUTONO disse...

Mundo Azul

Calhou esta rima, nas alturas do céu azul.

Foram quase nove horas de voo...

Beijinho

OUTONO disse...

Eu sei que te vou amar

Apesar da tua presença, perco-me sempre na tua leitura, como amante errante deste luar magia.

TEnho muita sorte na tua amizade

Beijinho

OUTONO disse...

Maria Anjos varanda

Tento ir ao encontro de sedes do meu escrever.

O teu apoio, rima com a minha vontade de sorrir.

Obrigado

Beijinho

OUTONO disse...

XANA

Olá princesa verso, em dizeres múltiplos de beleza coral...

Obrigado pela tua gentileza.

Beijinho

OUTONO disse...

Piedade

Gosto da foto, não gosto das alturas, embora tenha de continuar a viajar...ossos do ofício!

Obrigado pelo apoio.

Beijinho

OUTONO disse...

Multiolhares

Num dos próximos dias, vou até á beleza da tua paragem inspiração.

Beijinho.

mariam disse...

Outono,

belo!... gostei muito deste "rascunho não datado, nuns céus de uma viagem..."

dos poetas muito se diz ...
é bonito o que dizes d'Eles ... são ... "ébrio coral"

grande abraço
e o meu sorriso amigo :)
mariam

mariam disse...

ah! e, as saudades podem ser doces, também. :)

Arabica disse...

Um maravilhoso postal para uma viagem intercontinental.

Um beijo, bom fim de semana.

SAM disse...

Sempre lindo o que escreves, amigo!



Um beijo e ótimo fim de semana!

OUTONO disse...

MARIAM

Dos poetas pouco se diz. Lembram-se por vezes...em manifestações espontâneas...aqui e ali a troco de nada.

Por isso o poeta, é um fingidor. Finge que está bem, quando na essência está esquecido. Ainda hoje pergunto...porque não há mais poetas.Alguém, poeta responde:
- Há poetas sim...mas os prosadores ocultam-nos, com páginas cheias...
Sem ofensa para os prosadores, porque amo a escrita ...de facto ser poeta...é um fascínio de beleza nunca completa, por isso, sempre procuradora da palavra certa, quantas vezes em rascunhos perdidos, golpeados...e até mortos pela frieza dos tempos.
Não sou poeta...não o digo com modéstia...mas perdoem-me a imodéstia:
- Há escrita mais sublime que a poesia?
Beijinho Mariam e, obrigado por teres despertado este desabafo.

OUTONO disse...

Mariam

As saudades são SEMPRE doces...sempre!

Beijinho

OUTONO disse...

ARABICA

Por razões profissionais viajo com alguma regularidade. Hoje, começo a ficar cansado de aeroportos e hotéis...além de longas horas de voo...onde apenas uma pequena "escotilha", quando calha, é a visão alegre do tempo passado no avião. Em voos intercontinentais, a saturação de 10, ou mais horas de voo...obriga-me a dizer ocupado com algo que amo...a escrita.Escrita minha, própria da minha alma, porque por vezes tenho também a outra escrita, da tormenta dos afazeres. É assim, que "mato" essa espera da chegada a terra firme. Curioso, alguns conseguem dormir no avião. Eu nunca...
Beijinho

OUTONO disse...

Sam

Sempre linda a tua presença. O perfume da tua simpatia, o carinho das tuas palavras...gosto-te!

Beijinho grande.

Juani disse...

bajo tus rimas me quede prendada
saluditos

Xana disse...

Cada poeta é uma nuvem ao sabor do vento...e tu meu outono poeta trazes sempre um ventinho de palavras bem gostoso.
beijinhos

Cleopatra disse...

Voltei a ler o poeta e o coral...

OUTONO disse...

JUANI

Prendado fico com os teus carinhos...

Muito obrigado

Saluditos

OUTONO disse...

XANA

Não sou poeta...insisto. Gosto de poesia...insisto.

Tentar alguma harmonia de palavras, é o meu exercício , por aqui.

Beijinho grande.

OUTONO disse...

CLEO

...tiveste honras de primeira leitura. Um facto.

Gostei que viesses mostrar esse acto repetido ...sabe bem!

Beijinho