My music...

https://youtu.be/IhAFEo8DO2o

sábado, dezembro 06, 2008

Um dia...como outro...

meeting room Pictures, Images and Photos



gentileza da net

Por vezes há palavras que marcam um momento.
Tinha acabado de chegar à reunião matinal, para aferir resultados e projectar novos desafios...
Alguém exclama : - "Agora...ou nunca !"
Estava encontrado o mote para o desassossego da possível calma da manhã chuvosa.

No fascínio do passar lento do tempo
Há esperas decididas desafiadoras
De amanheceres agitados irradiantes
De saudações velozes e muito ausentes.

A reunião marcava pontos de interrogação sucessivos e, formas distraídas como exercícios de matemática polivalente...carenciada.
Na pausa "obrigatória"...

Olha-me, desafia-me, roga-me...mostra-te
Sensação de raciocínio premente e folgado
Força nativa de resposta adequada célere
Sorriso fugido de um caminho seguro.

Duas horas passaram e, a revolta instalara-se, na divisão aleatória dos "pelouros" essenciais.

Sempre o mesmo fôlego e desfecho ousado
Sempre a mesma rotina e sórdido alarido
Sempre o mesmo momento de fuga silvestre
Agora...ou nunca, mostra-me o deserto!

Aprendera, mais um "grão paradigmático" da grande lição do conhecer...
Num "flash" de memória...recordo pequenos nadas de um provérbio mundano

Nunca digas tudo o que sabes...
Nunca dês tudo o que tens...
Nunca faças tudo o que podes...

Nunca julgues...sem julgar...

No caminho dos papéis a representar...pergunto-me incrédulo:
- Agora ou nunca...porquê ? O calendário rasga-se todas as manhãs, o sol consumido envergonha-se todos os dias e, a lua continua a mentir com cara de "menina gorda" ...

Momentos - OUTONO - 2008

46 comentários:

Paradoxos disse...

De facto, o calendário nunca é o mesmo, agora e sempre, sempre renovado, sempre rotineiro, sempre outro. Meu estimado amigo Outono, saio daqui sempre com uma aprendizagem! Mais rico!


Este é o agora do prazer que é voltar sempre e o nunca que fica sempre por não dizer...

Grande ABRAÇO!!

ninhas disse...

Olá Outono.
Já à algum tempo que não passava por cá. Grande falta esta minha!
É sempre muito agradável visitar o seu blog. Mas...o cumprir do calendário...nem isso me tem permitido.

Vou tentar passar por cá mais vezes e deixar um beijinho e um comentário por mais pequeno que seja.

Bom fds "gordo" :)

Bjs
ninhas

fotógrafa disse...

Como sempre uma delicia passar por aqui...
A ausência de comentar, não quer dizer que não passe algumas vezes por cá...
obrigada pela visita, bom fds
abraço

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido Amigo, eu penso ser a rotina um dos males da sociedade e de quem trabalho por conta de outrém... Mas podemos dizer é a vida!
Mas nós podemos sempre mudar alguma coisa... Se não pode ser no trabalho que seja fora dele!...
Obrigada por gostares do meu email,
Boa Noite de Paz!
Beijinhos de carinho e ternura,
Fernandinha

Maripa disse...

Os dias somam e seguem sem nenhuma complacência...é este o calendário da vida.

Vamos tentar alegrar os dias com alguns sorrisos pelo meio!

Beijo com carinho,Outono amigo.

Ni disse...

Não existe um dia igual a outro... Semelhante mas não igual! Porque os momentos não se repetem tal como a História...

Beijinhos***

Carla disse...

faremos nós o nosso calendário, ou na verdade não seremos donos do nosso tempo!
perfeitas palavras...como sempre
beijos

MPereira disse...

Muito curiosa,esta descrição de uma reunião,intervalada,por belas palavras:Gostei

JPD disse...

A experiência ensina-nos a ser cautelosos.

Se a empresa for tua, se estiveres a trabalhar por conta própria terás de reformular o pensamento
Internamente, dar o máximo; na negociação, talvez precaver.

Um abraço

mundo azul disse...

Na verdade, o calendário não deveria ser levado tão a sério...

O homem inventou-o e sempre sofreu a tortura do tempo que é sempre pouco...


Reflexivo o seu texto!

Beijos de luz e o uma semana feliz!!!

Juani lopes disse...

la diferencia de los dias, es la noticia de la historia
saluditos

Vera disse...

Agora ou nunca porquê? Realmente, poucas coisas e poucas vezes essa expressão se aplica verdadeiramente, e o calendário foi construído pelos homens que se queixam do tempo.

Beijinhos

mariam disse...

Outono,
reuniões de papéis e de pessoas...
ora cá está de novo um bom pedaço de filme, desta vez, com cenas distintas, filmadas por pequenos flashes intercalados :) se é que percebi______ ou não!

o tempo... e o que é o tempo? uma fracção de minuto ... um começo de vida... um fim... um marasmo... o que é o tempo?

gostei deste post.
no passado 5 perguntei ao Edu se estavas...

bom feriado
um sorriso :)

mariam

Lampejos disse...

Autono,

“Um dia... como outro qualquer”
Mas com alguma coisa no meio. As tuas palavras sempre cheias de sabedorias!


Bom início de semana!...



(a)braços,flores,girassóis:)

Verónica disse...

Não Outono. Não existe rotina...eu sei o que são reuniões enfadonhas!!!Em que a língua se solta mas depois o sumo nem chega a um copo!Enfim...Há sempre um mote para o desassossego...
Nada se repete igual!Por mais que façamos...por isso é tão difícil reproduzir um fenómeno.Até uma simples varridela não é igual a outra!Há factores que mudam,nós é que não nos apercebemos!
Beijinho

[ rod ] disse...

Cada dia e sua agonia... e ao todo só nos resta agradecer e viver.

Bela escrita recheada das triviais horas.

Vim te conhecer e gostei do que li...

Grande Abç,





Novo Dogma:
puni(A)ção...


dogMas...
dos atos, fatos e mitos...

http://do-gmas.blogspot.com/

Ailime disse...

Grande momento de poesia em que esta sublima desilusões do quotidiano.
O "Agora ou Nunca" está cada vez mais presente na vida de todos nós, em que os valores parecem arredados de grande parte daqueles com quem temos de “coexistir”.
Um abraço

Inezteves disse...

Essa foto...
Ah eu mergulhei nela...
Outro dia comento o texto ok?

Cleopatra disse...

Hummm, começo a gostar dos teus gabinetes, escritórios etc etc...

Já respondi ao teu desafio.;-)))

Cleopatra disse...

O calendário rasga-se todas as manhãs, o sol consumido envergonha-se todos os dias e, a lua continua a mentir com cara de "menina gorda" ...

Nostalgia.............

Cleopatra disse...

O calendário rasga-se todas as manhãs, o sol consumido envergonha-se todos os dias e, a lua continua a mentir com cara de "menina gorda" ...

Nostalgia.............

Maria Dias disse...

Achei muito criativo a mescla de poesia com desabafos de um dia corrido e atribulado e a recordação do provérbio me deixou a pensar...

Beijinhos e boa semana!

**laura** disse...

A rotina, os dias que insistimos em repetir e moldar sem permitirmos que sejam genuínos e únicos... abafamos o melhor da vida nesta sociedade apressada e rotineira.
E no meio dos dias, sabe bem visitar um espaço onde se encontra poesia como aqui!

Boa semana :)

Deusa Odoyá disse...

Olá meu lindo amigo!
Parabéns por mais um lindo texto.
A vida meu amigo, é um passar de tempo.
Tentamos mudar algumas coisas, mas nem sempre são possíveis.
viva cada dia mais intensamente.
Beijinhos doces.
Sua amiga do aldo de cá.
Regina Coeli.

uma semana abençoada por Deus.
Fique na paz.

OUTONO disse...

...direi o calendário da vida, ou a vida num calendário...coisas do tempo, que nunca pára...coisas de um deambular cíclico na montanha russa do viver.

Grande abraço Edu.

OUTONO disse...

Ninhas

Não precisas de desculpas...és e serás sempre bem vinda.

Beijinho.

OUTONO disse...

fotógrafa

Muito obrigado. Estás e estarás sempre à vontade. Conto contigo.

Beijinho.

OUTONO disse...

Fernanda

Rotina...por vezes...desalinho outras tantas.

Por vezes julgo estar certo e o erro acontece. Por vezes, erro por gosto e a verdade...está lá. Já não entendo este calendário...

Beijinho.

OUTONO disse...

maripa

Tento....tento...e refugio-me muitas vezes na tua escrita...

Beijinho amigo (MUITO)

OUTONO disse...

Ni

Tens toda a razão. Mas no correr do dia a dia...é aí que agilizamos o mudar de rumo, e a "istória" acontece...

Beijinho.

OUTONO disse...

Carla

Todos os dias faço um calendário atraente...e quase todos os dias o perco...

Beijinho.

OUTONO disse...

MPEREIRA

Obrigado, pelo incentivo.

Um abraço.

OUTONO disse...

JPD

Não sou empresário...
Gosto muito do que faço...às vezes não entendo porque faço...

Um forte abraço

OUTONO disse...

Mundo Azul

O Homem e as suas invenções...por vezes devastadoras.

Beijinho.

OUTONO disse...

Juani

Belo pensamento !

Beijinho.

OUTONO disse...

Vera

É o mundo da competição...sem coração.

Beijinho

OUTONO disse...

Mariam

Um dia vou seguir o treu conselho, e realizarei um filme...

Depois...dirás aos teus amigos...conheço aquele Realizador!!!

Quanto ao lançamento do livro do Edu...por motivos profissionais, não me foi possível...mas "estive lá"...

Beijinho.

OUTONO disse...

Lampejos

Se as minhas palavras fossem sábias, as fábricas bélicas faliam todas...

Beijinho.

OUTONO disse...

Verónica

1 - Já respondi ao teu desafio.

2 - Gostei desse sumo de meio copo...um dia destes vou dissertar sobre a teoria do meio vazio ou meio cheio...

Beijinho grande

OUTONO disse...

Rod

Muito obrigado pelas palavras. Regressa sempre.

Abraço.

OUTONO disse...

Ailime

...cada momento nasce e morre em simultâneo...com a correria do agora ou nunca...

Beijinho.

OUTONO disse...

Inezteves

Perfeito !

Fico aguardar.

Beijo.

OUTONO disse...

Cleo

Por vezes, nem olho para o que me rodeia, tal é o empenho...

No outro dia, pedi três cafés...de manhã à tarde...e à noite. Não bebi nenhum...com a falta de tempo.

Falas em Nostalgia...nem por isso.

Há...cada vez mais artimanhas desnecessárias. Noto, que se desperdiça muito tempo em justificar o calendário...em vez de justificar o acto.

Obrigado por teres correspondido ao desafio.

Beijoca

OUTONO disse...

Maria Dias

Por vezes é assim o avesso do avesso:)))

Beijinho grande

OUTONO disse...

Laura

Muito obrigado, pelas tuas palavras.

Volta sempre.

Beijinho.

OUTONO disse...

Regina

Tentar não custa...mas o desassossego é grande...

Beijinho ...do lado de cá.