My music...

https://youtu.be/IhAFEo8DO2o

segunda-feira, outubro 06, 2008

O espelho...


picture by marusnyc

Disseram-me, que escrevia difícil...

Interroguei-me frente ao espelho e, vejo-me um olhar fácil de comunicar, para além de um sorriso aqui...e ali...contagiante.
- Difícil...eu ?
Respondi-me, modelo desafiador:
- Sim, não te faças inocente !
Perguntei-me de novo:
- Em quê...diz...vá...sê explícito...
Ripostei-me.
- Vês...estás a ser difícil...explícito...que horror...isso é conversa culta de mais.
Porque não dizes...vá...aponta o dedo...?!
Sorri-me largo...provocante e "barafustei":
- Nunca te disseram, que não se aponta, que é feio....?
- Tá bem ! Ouve...este verbo apontar, é de outra música...em vez de te armares em mesquinho...confessa...gostas de abrir o dicionário...escolher palavras difíceis...nega se és capaz!!!! Ainda não acabei! Gostas de envolvê-las, as palavras claro...com sentidos ricos, diálogos superiores...ah! e amores quentes...aí até engoles significados!
Franzi-me o sobrolho, cofiei-me o bigode, sinal que a tempestade endurecera e...
- Só me faltava aturar-te...toleirão...sabes bem, que poetar é exercitar a flor que há em cada palavra e, conseguir o melhor "bouquet" para se oferecer. Eu, nem gosto de prosa e, muito menos me atrevo como ensaísta...
-Ai não...?
Ruborizei-me de fulo e ainda ouvi:
- Apanhei-te! Fizeste prosa, ensaio...e hoje até esqueceste o poema...aliás fizeste teatro, com uma conversa a troco de nada. Toma!
Zanguei-me, engoli em seco,voltei-me as costas ao meu eu...e disse para dentro:
- Fui apanhado!

in - Desalinhos (by OUTONO)- 2008

53 comentários:

Sol da meia noite disse...

Interessante diálogo... monólogo...
Muitas vezes o que escrevemos dá-nos que pensar. Inquieta-nos. Sentimo-nos um tanto inseguros.
E essa inquietação gera este estado d'alma onde questões se levantam. E uma certa confusão instala-se em nós.

Seja de que forma for, acho que importante mesmo é escrever. A escrita clarifica-nos a mente, ajuda a entendermo-nos.
Usar as palavras é ousar ir sempre mais além no entendimento, no discernimento...

Para mim escrever é quase como respirar. Uma necessidade.
Quanto mais inquietação sinto, mais escrevo...


Deixo um beijinho *

Verónica disse...

E qual o problema em ser difícil?Em ser culto? Em abrir o dicionário e escolher palavras ´complicadas? De envolvê-las com perfume quase desconhecido? Se não fosse assim seria muito fácil descobrir-te.É isso que faz de ti o Outono que és. Sempre Renovado,aberto à pluralidade de leituras!
Foste apanhado e ainda bem. Contagiado pelas palavras e seus significados.
beijinho

Esmeralda disse...

Fantástico!!!

beijocas

Clara disse...

O confronto com dois EU. Excelente texto.

Beijinhos

Maripa disse...

Dois Outonos numa conversa de fim de tarde ...num confronto verbal de ânimos acesos...um pelo menos até "barafustava" !
Mas o monólogo foi bem conseguido,
o final bem explícito e penso que o Outono do espelho gostou e aprendeu umas coisas...

Beijo carinhoso,amigo querido.

Perla disse...

Os poetas gostam muito de fazer teatro ;)
Gostei de me sentar na plateia.
Beijinho

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Outono:
Você sempre fez poemas, e lindíssimos. Não sei se estar a par, mas fechei o meu Blog. Depois, o reabri e estou fazendo pequenas postagens, pois como disse no Blog: estou recolhida, mas não estou morta, nem tampouco vencida. Pode imaginar os motivos de eu o ter encerrado. Mas o importante é que voltei e resolvi não chamar ninguém para as minhas postagens. Quem gosta de mim irá espontaneamente.
O seu Blog continua lindo e eu o admiro muito.
Um beijo,
Renata

lilipat2008 disse...

Sermos apanhados por nós próprios custa...mas é sempre melhor do que o sermos pelos outros, assim sempre podemos mudar o nosso discurso...:)

Adorei este post...:)

bjitos

susana disse...

Ainda bem que não te resolveste ao estalo. Sairías duas vezes magoado!

Prosa lá à vontade que "a gente" (vícios de linguagem do norte...) lê!

susana disse...

Posturas incorrectas: corrigem-se com um esforço mental grande, lembrando-nos sempre de estar de pé, sentado ou deitado em posição correcta. Como somos uns "baldas" de pensamento, a solução é o exercício físico. O reforço muscular de toda a musculatura envolvente do tronco é fundamental para ajudar a uma boa postura. Neste caso particular dos desvios posturais até não aconselho nadar. Hidroginástica, sim, mas melhor, melhor é a sala de musculação.
Fim de message du nuorte!

LUA DE LOBOS disse...

A escrita é melhor (acho eu que nunca lá fui) que o sofá do psicanalista :)
Se é dificil a tua escrita?
Ora, ora puxem pelos neurónios que logo lá chegarão... ou não.
Se calhar também não é importante para ti.
É a tua escita e PONTO FINAL.
PARÁGRAFO.
xi
maria

mariam disse...

oh Outono, que texto magnífico. Estou deliciada com este "teatro"...p'lo resultado, abençoada a criatura que lhe disse tamanha barbaridade... ;)

Por favor, dá "largas" aos teus 2/3/4... n "Eus" e continua a partilhá-los generosamente connosco!

resto de boa semana
um sorriso (enorme) :)

mariam

pronto, aos poucos lá deixarei então a formalidade... :)

Eärwen Tulcakelumë disse...

Querido Outono

Adorei teu texto, és simplesmte fantástico! Prosa, verso...não importa, vindo de ti sempre é bom de ler! Ler com a alma...

Pérolas incandescentes de emoção entrego em tuas mãos.

Com carinho

Eärwen

© Piedade Araújo Sol disse...

achei o texto bastante criativo.

beijo

BIA disse...

Fui apanhada...por ti, por seres uma doçura de amigo!


Abraço muito terno


BIA

OUTONO disse...

Sol da meia noite

Nem mais ...nem menos.

Sentimos o mesmo ar de preocupação.

Deixo também um beijinho.

OUTONO disse...

Verónica

Um largo sorriso, ao teu "raspanete".

Obrigado, pelo impulso.

Beijinho

OUTONO disse...

Esmeralda

Fantástico???

Estou corado com este mimo.

Beijinho

OUTONO disse...

Clara

Tentei solucionar uma questão "clara"...

Não sei se consegui. Mas diverti-me...

Beijinho.

OUTONO disse...

Maripa

Quantas vezes...tenho destas lutas?

E às vezes por menos...

Beijinho grande à tua poesia amiga.

OUTONO disse...

Perla

Quando era novo...participei em duas peças de teatro...e não me saí mal.

Quem sabe o actor que se perdeu?

Agora...dou-me muito mal com o teatro da vida...às vezes...

E com crises financeiras...ui...ui!

Beijinho.

OUTONO disse...

Renata

Repito, o que sempre te disse.

Nunca desistas...

Fazes muita falta, a esta comunidade da blogosfera!

Be3ijinho.

OUTONO disse...

lilipai2008

Não foi bem apanhar-me...mas falar com o outro Outono...que às vezes anda mascarado de Inverno...

Um pouco de psicanálise a solo!!!!

Beijinho.

OUTONO disse...

Susana

Oh!...Susana...mas julgas que cá por baixo, resolvemos tudo a estalo...NÃO!

Somos pacíficos. Cá em baixo, não trocamos os "b.s", pelos "v.s"...trocamos outras voltas...deixa lá...não te preocupes.

Agora a sério, obrigado, pelos conselhos...mas creio que "burro" velho, já não aprende...a ser novo e ter juízo.

Coisas de atleta, que se sedentarizou muito novo.

Nadador, Campeão de Ténis de mesa, jogador de handball, corredor de fundo...e até praticante de remo.

Hoje...nado, quando posso...e faço hidroginástica intelectual, para não me perder no marasmo da incultura, do "dolce fare niente", ou até no oportunismo parvo.

Por último, escrevo neste Blog...

E por vezes é terapia desejada e, ginástica acrobática...

Bjs.

OUTONO disse...

Maria

Ponto final.

Obrigado. Nem mais nem menos!

Um xi.

OUTONO disse...

Mariam

Abençoada criatura...dizes bem...se a apanho, roubo-lhe o 7º. sentido:)))

Obrigado pelo teu humor. Faz-me bem.

É ar fresco de amizade.

Beijinho.

Maria Anjos Varanda disse...

excelente post...
muito bom o dialogo...fantástico mesmo.

Bjitos

susana disse...

Olá folha caída (outono)!
Ponto 1. Atão, quem resolve tudo ao estalo é cá gente, tá-se a bere!
Ponto 2. Nós tb não trocamos os bs pelos vs. É ao contrário!! A avó bira abó, bês? São os vs que são trocados pelos bs! Ehehehe!
Ponto 3. Burros velhos não me preocupam, ex-desportistas sim. Uns preguiças, uns preguiças... esgotou-se-lhes a energia toda nos anos em que competiam, é o que é!
Ponto 4. Terapia. Sei... sabe bem esta escrita, uns dias mais séria, outras triste, muitas vezes tão só, alegre ou plena de humor.

És um sulista simpático!
(a bem dizer também não conheço nenhum antipático...)!
:D

Gerlane disse...

Estupendo! Inteligente! Original!


Beijos pra ti!

Vieira Calado disse...

Todos nós sempre fazemos teatro: os poetas e os outros.
Gostei do diálogo.

Desnuda disse...

Gostei muito do texto. É saudável este diálogo conosco. Assim vamos repensando, o que muitas vezes fazemos sem sentir. E digo-lhe que isto não nos icomoda, antes nos enriquece.Por mim não me refiro a escrita, pois não sou poeta ou escritora...Isso que digo para o meu espelho, porque ele é bem crítico comigo rsrs.


Amigo, peço desculpas por minha ausência. Não estava nada bem. Mas tenha a certeza que este é um lugar especial para mim.


Beijos

SAM disse...

Amigo

Brilhante, como de hábito, os seus textos.

E vim lhe trazer o selo Brilhante WEBLOG 2008, com grande carinho e admiração. Está no Sam.

Beijos

Manuela Viola disse...

Olhar-nos ao "espelho" às vezes não é fácil, mas é tão importante. E mais importante ainda "saber olhar".
Muito bonito este teu escrito. Admiro quem sabe expressar-se por palavras escritas. Eu tento fazê-lo através das minhas fotografias. Não sei se consigo, mas que tento...tento!
Beijo

mariam disse...

vim dar um olá e desejar bom fim-de-semana!

um sorriso :)

mariam

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Olá Outono!

Cada vez gosto mais do teu blogue. Segue em frente - como tens feito até aqui - e em força. Parabéns!

Cá estamos. Desta vez, creio que sem problemas. Mas, quem sabe? Tive um ror de chatices com o Google, o Gmail, uma data de porras! Mas, aparentemente os imbróglios estão ultrapassados. Assim seja. De qualquer forma – mudei tudo uma vez mais. Por isso, regista, por favor:

hantferreira@gmail.com

www.aminhatravessadoferreira.blogspot.com

Espero que seja esta a versão definitiva deste meu (e teu) blogue. Já bastou o que bastou. Apenas deixo aqui um propósito: continuar o que já tinha(mos) feito e, da minha parte, tudo fazer para que ele seja ainda melhor do que os anteriores, «mortos em combate»…

Vem aqui, como já o fizeste nos dois outros «definitivelmente» falecidos na generalidade e na especialidade (RIP). Deixa comentários, escreve, colabora, manda fotos – insulta-me se assim o entenderes. Os gordos têm costas largas… Fico à tua espera, com esperança qb e uma pitada de ansiedade. Sal & pimenta & coentros à vontade do freguês. Bem-vindo

@@@@@@@@@@

…E ATENÇÃO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

NOVO CONCURSO

… E QUANTO A VOLUMES

Gente boa*

Aqui está um novo concurso, o primeiro deste blogue. Herança do falecidos anteriores (RIP), é mais uma iniciativa do Sorumbático (http://sorumbatico.blogspot.com), agora acompanhado pelo A Minha Travessa do Ferreira (http://aminhatravessadoferreira.blogspot.com). Este passatempo tem como prémio um exemplar do livro cuja capa e contracapa aqui se vêem.

O desafio consiste em, até às 24:00 horas do dia 14 (terça-feira), tentar adivinhar qual o volume do livro (em centímetros cúbicos).

NOTA: a obra faz parte de uma oferta da editora Occidentalis ao Sorumbático, onde dois exemplares já foram sorteados; este é o 3.º, e é reencaminhado para aqui.

______
*Desculpa-me se me enganei…

☆Fanny☆ disse...

Olá!

Não creio que a tua escrita seja de difícil entendimento. Ela escorre naturalmente como o teu respirar.

Mas sabes? Há poetas que eu conheço, que adoram tornar os seus poemas amorfos, com palavras que foram buscar aos confins de dicionários...ao quererem escrever belo, mostrarem-se cultos, tornam-se um perfeito horror!

O que não é o teu caso. Escreves maravilhosamente bem e quem te lê, de certeza que entende o teu pensar, com fluidez.

Adoro vir até aqui.

Um beijo de Outono*

Fanny

Carla disse...

Um monólogo ondee as interrogações a nós mesmos ganham uma força incrível...para mim a escrita é um reflexo desse mesmo sentir...difícil ou fácil é apenas a nossa escrita
beijos
bom resto de domingo

OUTONO disse...

Maria Anjos Varanda

Obrigado pelo apoio. Deixa-me, no entanto dizer, que não foi fácil esta "discussão a dois".

Beijinho.

OUTONO disse...

Susana.

Ponto único. És uma nortenha fixe.

Alínea única. Espero que Sulista nada tenha a ver com...mouros...

Parágrafo inexistente. Se tivesse ganho o Euromilhões, não tinha preguiça.

Nota breve. As folhas caídas do Outono, são benéficas...olha se não caíssem...

OUTONO disse...

Gerlane.

Mil obrigados amiga.

Mil beijos.

OUTONO disse...

Vieira Calado.

Um obrigado e , um abraço.

OUTONO disse...

Desnuda.

Eu também peço desculpa, pela minha fraca colaboração. Os afazeres profissionais, matam-me até os tempos livres.

E subscrevo inteiramente as tuas palavras, pela sensatez do raciocínio.

Beijinho.

OUTONO disse...

Sam

Mais uma vez, fiquei sem palavras, neste teu altruísmo doce.

Um beijinho muito amigo.

OUTONO disse...

Manuela Viola

...tentas e consegues. Muitas das tuas fotos, serpenteiam, nos meus olhos, como quadros únicos.

Nunca abandones essa arte .

Beijinho.

OUTONO disse...

Mariam

Olá amiga. Acabo de aterrar...e já estou de malas prontas para amanhã.

Inconvenientes desta vida, onde a crise ocupa muito da minha preocupação.

Beijinho amigo.

OUTONO disse...

Henrique

Essa "gaja" da informática, dá-nos cada dor de cabeça...

Nem te conto, as peripécias ede perdas e recuperações do meu dia a dia...

Mas ...hoje sem ela, a tal, não somos nada. Acredita!

Ah! deixa-me respirar fundo, pelo agrado que te motivei. É sempre bom sabê-lo, vindo de quem vem.

Abraço forte.

OUTONO disse...

Fanny

O meu diálogo, foi um dos múltiplos exercícios, que faço amiúde. É uma aferição pessoal...às vezes indesejável.

Com as tuas palavras, acredito sempre, que ditam uma verdade amiga e, sem sentimentos difíceis...tal como o "teu respirar".

Beijinho.

OUTONO disse...

eärwen

Sinto o teu escrito, com verdade amiga.

Mil obrigados.

Beijinho.

OUTONO disse...

Carla

No mundo das interrogações, encontrar uma resposta ou solução, é um desafio imenso de desejo e ansiedade.

A escrita, personifica esse retrato. Uma pesquisa constante de sentires...

Obrigado amiga pelo teu momento.

Beijo.

OUTONO disse...

Piedade Araújo

Com as tuas palavras, aumenta a minha responsabilidade.

Muito o brigado.

Beijinho.

OUTONO disse...

Bia.

Estás sempre à vontade...mesmo que te sintas "apanhada".

Beijo muito grande.

Cleopatra disse...

Eh eh eh
Apanhado na curva!!!

OUTONO disse...

Cleo

E não ía com excesso de velocidade...apenas uma taxa de palavra a mais...

Beijito.