My music...

https://youtu.be/IhAFEo8DO2o

domingo, julho 06, 2008

No fundo do mar...



O ADMIRADOR DA ÁGUA - AGUARELA de WINSLOW HOMER - (séc. XIX)

No fundo do mar aberto de pleno imenso
Está um tesouro opaco de curiosidades
Algas dançantes guardiãs seculares
Que hospedam o borbulhar de uma lenda...

No fundo secreto fascínio do mar toldado
Há um silêncio cantado de cores matizes
Há vida e espelhos de metamorfoses líricas
Há rasgos e correntes cíclicas de atrevimentos...

Neste sétimo mar de horizonte indefinido
Folheio o calendário metódico de esperanças
Na conquista de um passar sem amarras
Volteio de águas rainhas e feudos...

Escrevo-te mar profundo de viagens
Neste ritual de palavras vestidas de ti
Onde balanço as gotas da mão tangente
De um matinal brincar liberto contigo...

in POEMAS (OUTONO)- 2008

37 comentários:

Sandra disse...

Bonita esta homenagem ao mar!

circe disse...

como eu gosto das palavras vestidas de ti...
vestes as palavras com magia... vestes as palavras com o meu estilista preferido - o amor simples e transparente -

NAELA disse...

No fundo do teu mar sinto a leveza dos teus versos a navegar em mim...neste sentir imenso perco-me em tuas palavras como um aconchego de ti!
Beijo doce

marianinha disse...

Algo que é o meu mundo e eu adoro.

mdsol disse...

Há rasgos e correntes cíclicas de atrevimentos...
Continue a atrever-se!
:)

LUA DE LOBOS disse...

andei no meio das algas e dos peixinhos curiosos... obrigada por esta partilha
xi
maria

MS disse...

Este "Mar"... Ora ameaçador, a temer, ora suave que nos chama e aconchega nos seus braços...

Lampejos disse...

Outono,

Mergulhar no poemar de dentro paramar mundo afora...

Lindo...poemar!...

(a)braços,flores.girassóis :)

marianinha disse...

O mar algo muito bonito,profundo e que nos traz paz-

circe disse...

vou-te contar um segredo...
estou quase quase na hora de ir dar mais uma aula, as últimas,
e a vida complicou-se...
apaixonei-me no fim se semana...
uma paixão em tudo impossivel...
e
como se não bastasse...
hoje tenho uma reunião onde tudo pode acontecer...
perder amigos...
perder o trabalho...
e porque te estou acontar isto?
porque antes de o dia começar... vim aqui...
ao Pretexto...
procurar alento... para tanta desordem...
obrigada Outono...

Maria disse...

Mergulhei neste mar,
Sem vontade de voltar...

Gostei de te ler.

Beijinhos

pin gente disse...

mergulho no teu mar para desvendar o tal tesouro
curioso e de valor incalculável
deixam-me as algas espreitá-lo la no fundo
e o que vejo vale muito mais que ouro



um abraço
luísa

Carla disse...

amigo mergulho neste teu mar profundo e deixo-me invadir pelas belezas que descreves
boa semana
beijos com sabor a maresia

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

O seu poema é lindo, quero ir para o fundo do mar...Acordei bem e fiz uma resenha sobre um filme que está em cartaz em São Paulo, mas cujo DVD importei porque não posso sair. Não sei se já passou em Portugal. O título em português é A Outra. É sobre o triângulo "amoroso" entre Henrique VIII, Ana Bolena e Maria Bolena,a irmã de Ana, cuja existência eu ignorava até ver o filme.
Apareça por aqui:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
não há ponto depois de www
Um beijo,
Renata

Nanda Assis. disse...

a coisa mais linda que já vi até hj em minha vida, em natéria de natureza, sem dúvidas é o mar...

Juani lopes disse...

tus palabras son igual de inmensas
que el mar, llenas de misterio y belleza
saluditos

BIA disse...

..."um matinal brincar liberto contigo..."


Mar e mar, quanto de ti é amor!

Abraço de peito aberto


BIA

Som do Silêncio disse...

Muito bonito Outono...muito mesmo!

Beijo terno

nuvem disse...

Que lindo poema... Gostei muito.

Beijo

Pena disse...

Estimado Amigo:
O Ser Humano enorme e gigantesco que é merece toda a minha atenção.
Hoje não venho comentar.
MUITO OBRIGADO por toda a sua amabilidade.
Sem palavras perante a sua grandeza.

Abraço forte de gratidão e comoção

pena

Clara disse...

Mais um excelente poema!

Beijo

Cöllyßry disse...

O mar que fascina, bela homenagem...E belo espaço

Beijito

Aqui em pensamentos

http://olharindiscreto.blogs.sapo.pt/

acqua disse...

Encurtando as distâncias, aproximando o sentir. Sinta-se linkado.
As palavras que desfilam aqui me conquistaram. Abraços meus!

Pecadormeconfesso disse...

"Neste sétimo mar de horizonte indefinido
Folheio o calendário metódico de esperanças" todos os dias.

Parapeito disse...

vamos amar o mar
................e nos amar amar
...............................amor amar
.........................................e tanto e tanto como o mar.

maria loBos

Xinha disse...

Eu também balancei aoler o teu poema... de tão envolvente que ele é... !!

Lindo homenagem ao mar ...

Xi-coração

jguerra disse...

Olá.venho por interposto blog e acho que fiz bem. Adorei.
Quem me dera olhar para o mar e ver o mesmo.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Já li esse seu poema e já lhe disse isso, mas vc não se dignou ir ao meu Blog. Já que não posso ficar sem fazer nada, senão olho no espelho e me vejo magricela, 39 quilos, por causa da quimio, resolvi fazer algo aqui. Enquanto coleto material para "Bonequinha de luxo", postei sobre o filme "Sombras de Goya" que em Portugal ficou como no original "Os Fantasmas de Goya". Apareça por aqui:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
não há ponto depois de www
Um beijo,

PS: Traduzi um soneto de Shakespeare e pus no post

OUTONO disse...

Sandra

Um carinho as suas palavras.

Beijinho.

Circe

É sempre bom, ler-te..e compreender a tua magia de entendimento.
Muito obrigado. Beijinho.

Naela

Podes continuar, a perder-te...eu...prometo encontrar-te. As tuas palavras, são um bem necessário, para as minhas...

Beijinho grande.

Marianinha

O mar é de todos. Uns amam mais que outros. Eu sinto-o, como "irmão"... Beijinho.

Mdsol

Sempre e com empenho. Obrigado.

Lua de lobos.

Gargalhada solta, com o teu comentário...Alegre análise.

MS

O mar, tal como os humanos, é sempre incerto...

Mesmo assim, é o meu confidente.

Lampejos

Que honra...o teu poemar, versus o meu...

Beijinho grande.

Marianinha

O mar que nos ´dá tudo...até a paz para uma inspiração...óptima.

Beijinho.

Circe

Espero que tudo tenha sido resolvido a teu gosto. Sinto-me honrado, com a verdade das tuas palavras...dos teus sentimentos.

Beijinho doce.

Maria

E eu gostarei também de continuar contigo...e a ler-te. Gosto muito do teu Blog. Beijinho grande.

Pin Gente.

Fico sem palavras...Um forte abraço.

Carla.

A maresia das tuas palavras, fascina-me, refresca-me...sinto-me bem. Beijo muito doce.

Renata

Muito obrigado, pelo seu comentário. Espero que esteja bem melhor. No seu Blog, já comentei referente ao último comentário aqui deixado. Não vou repetir.

Nanda Assis

A beleza máxima digo eu...ímpar!
Muito obrigado. Beijinho.

Juani Lopes

Como sempre, me encantas.
Saluditos fuertes.

Bia

Que bom "ver-te" amiga...A tua verdade...é um encanto. Sinto-o!
Com costela das Beiras...Bem haja!

Som do Silêncio

Bonito, é o teu sabor de maresia fresca, nste comentar simples....
Quero mais...posso?
Beijinho.

Nuvem

Fiquei muito contente com a tua presença....e as tuas palavras.
Quero mais nuvens...:))

Pena.

Só posso dizer...amizade...com um abraço muito grande. Coragem.

Clara

Tento sempre...não é fácil. Mas o teu estímulo, é muito importante para mim. Prometo não desistir.

Beijinho.

Collibry

Logo que possa irei visitar-te.n Gostei imenso do teu comentário. No momento estou bem longe de Portugal. Mal chegue...irei colocar a escrita em dia. Beijinho.

Acqua.

Muito obrigado...do fundo.

Forte abraço.

Pecador

....Sempre!

Parapeito

Sabor a mar e amar com sabor...é o mesmo não é ?
Beijinho.

Xinha

Um balanço, agradável...sem naufrágio....::)

JGuerra

Ainda bem. Obrigado.
Um abraço.

Aran disse...

No fundo do mar se contam e guardam histórias, segredos e tesouros... seculares...
No fundo do mar, existem sonhos, cores, mistérios por contar...
magias dum azul profundo e límpido...
No fundo do mar, se enterraram, revoltas, tristezas, lágrimas...
de quem já não volta... que emergem na sua revolta...

Jinhos

mariam disse...

excelente "filme"
lindas as palavras!

"Há rasgos e correntes cíclicas de atrevimentos..."
"Folheio o calendário metódico de esperanças"

gosto do mar...e da sua brisa também

bom resto de semana
um sorriso :)

SAM disse...

E destes as vestes feitas por lindas palavras ao MAR, amigo querido! Lindo poema a este que faz brilhar nossos sentimentos e refletem na poética toda a beleza.

Beijos

Maripa disse...

No fundo do mar está um tesouro...um tesouro de palavras que enriquece o amor com que as envolves e nos envolves...

Beijo carinhoso,querido Outono.

Eärwen Tulcakelumë disse...

Fiquei aqui a admirar a forma como tece as palavras...fiquei a admirar a figura que escolhestes.
Continua a escrever meu Amigo, brinca liberto nas águas...e como já disse...elas vem abraçar-te.
Lindo!

Pérolas incandescentes de mar entrego em tuas mãos.

Eärwen

Maria Anjos Varanda disse...

Lindo poema e linda homenagem ao mar......

Também adoro o mar....trasmite muita paz.

Beijos

Gerlane disse...

E o mar, sempre a nos inspirar!

Beijos pra ti!

OUTONO disse...

ARAN

Que bela inspiração...o mar ficaria honrado do teu dizer...

Beijinho com sabor a mar calmo...

MARIAM

Finalmente...sou realizador...deste marítimo filme.
Obrigado amiga.

Beijinho do mar salgado e épico.

SAM

Mais importante que o meu "vestir", é a tua sábia forma de dizer "ainda bem..."

Um xi do fundo.

MARIPA

No fundo do mar há ecos de amigos coesos...como tu.

Beijinho muito amigo.

EÄRWEN

Se fosse joalheiro...colocaria nas minhas obras as pérolas mágicas do colorido dos teus dizeres...e sabedoria dos teus sentires.

Beijinho muito amigo.

MARIA ANJOS VARANDA

Gostaria de ficar a admirar o mar sempre...é o meu ídolo de inspiração...

Beijinho

GERLANE

Sempre o mar. O amigo de sempre, a voz do encanto, o silêncio do desejo o mito da historia...

Beijinho doce.