My music...

https://youtu.be/IhAFEo8DO2o

domingo, junho 29, 2008

Pelo Sol da manhã...

ocean view



picture by Victoria Rae


Pelo nascer do Sol da manhã nova
Respira-se o ar da brisa prazenteira
E suga-se a inspiração do imenso nosso
Enquanto se azula a escrita da memória...

Finda-se o acordo social correcto
Larga-se a protecção do acto pedonal
Tira-se o orgulho da vestimenta leve
E mergulha-se na fresca espuma Atlântica...

Saboreia-se o diluído sal terapêutico
Aconchega-se o cabelo rebelde
Dilata-se a braçada na lentidão do mar
E brinca-se com a manha da crista da onda...


Momentos frágeis, de um domingo com calor, na vastidão de um trabalho sempre incompleto...
As férias são ainda uma miragem, e mesmo no descanso do intenso, há o estudo do ano que vem...


in - Momentos ( by OUTONO) - 2008

51 comentários:

Esmeralda disse...

O mar, o sol, a brisa, o sal...
...a marezia.
Espaços com sabores e odores tão vincados que nos fazem mergulhar em águas de emoção ouvindo longe, lá longe cantares e falares indiscretos dos pensamentos que ha muito achámos esquecidos.

beijinhos ;)

MirMorena disse...

Aproveita cada minuto...uma coisa de cada vez....o mundo te espera...os momentos são únicos...

E desabafa sempre (escreve)...faz bem a vc e a todos que aqui vem...

Bjuss de carinho

Aran disse...

Mhmmm... parece o paraíso!

Este... se assemelha, ao que em tempos sonhei... um sonho entre muitos... que o tempo mo roubou...

Boas férias, mesmo que ainda sejam uma miragem!!!

Jinhos

Cleopatra disse...

Gosto dessas manhãs frescas de mar e de sol ainda limpido. :-)

Maria disse...

"O sol sorriso de um novo dia...
Aparece por entre as brancas nuvens!
Que já não o são tão brancas assim...
Pois elas se disfarçam nos raios dourados... "

Gostei de te ler.

Doce beijo :-)

lilipat2008 disse...

Por momentos transportaste-me para uma praia limpa, vazia de gente e cheia do imenso azul do mar...para um lugar tranquilo, longe dos problemas e das amarguras da vida...

Lindo o poema...

Obrigada pela visita a qual retribuo com todo o gosto...gostei muito do teu espaço...voltarei, certamente...

bjinhos

mariam disse...

hoje, aqui, senti a a praia, obrigada!
infelizmente não dão deu p`ra ir molhar os pés!

deixo-lhe um poema de Sophia de Mello Breyner Andresen, que adoro,
"LIBERDADE
Aqui nesta praia onde
Não há nenhum vestígio de impureza,
Aqui onde há somente
Ondas tombando ininterruptamente,
Puro espaço e lúcida unidade,
Aqui o tempo apaixonadamente
Encontra a própria liberdade"

boa semana
um sorriso :)

Maripa disse...

Fez-me tão bem ler o teu poema.

Senti o mar à minha volta e o cheirinho bom a maresia...

Obrigada,querido Outono.

Beijo carinhoso,sempre

mundo azul disse...

Apesar do seu cansaço, o poema é muito lindo!
Beijos de luz e uma semana feliz...

Um olhar para dentro disse...

Ah q lindo... parabéns! Vi ali embaixo o post q vc falou mas preferi comentar aqui para você ver.
Uma criança é sempre uma dádiva né? Daqui uns meses vem o meu... rs mas ainda é segredo, nesse comecinho tudo é muito arriscado :(
Mas há de dar tudo certo.
Parabéns de novo vovô! Q deus abençoe todos por ai...
:*******

Paradoxos disse...

Eis um texto de corpo inteiro mergulhado na frescura aprazível de um saborear de temperaturas e aragens de querer mais e mais...
Um forte e poderoso abraço pra ti amigo sempre poeticamente empolgante!

Edu

Paradoxos disse...

Eis um texto de corpo inteiro mergulhado na frescura aprazível de um saborear de temperaturas e aragens de querer mais e mais...
Um forte e poderoso abraço pra ti amigo sempre poeticamente empolgante!

Edu

Maria P. disse...

Quase pela meia-noite, ler-te ainda sabe ao Sol da manhã...

Beijos*

Eärwen Tulcakelumë disse...

Que pelo sol da manhã sempre venham palavras com um sentimento tão gostoso de ser ler...
Meu mundo sorriu pela passagem do Outono.

Pérolas incandescentes de inspiração e luz, banhadas no rio de lava do meu mundo.

Eärwen

Maria Clarinda disse...

Não imaginas como foi bom amanhecer lendo-te, já tinha saudades de o fazer...tirei esta parte do começo do dia para te visitar, sei que ainda é cedo...mas o mundo virtual permite-nos tudo isto.
Adorei um vez mais o teu poema,e..não é que ele falava precisamente da manhã nova?
E do mar sempre para mim a minha essência de vida?
Jinhos mil

Som do Silêncio disse...

Olá Outono!

Depois de te ler...deixo apenas duas coisas...

O meu sorriso
O meu beijo

:)

circe disse...

exactamente como me sinto...
com mil estudos para o próximo ano...
com mil trabalhos ainda deste ano...
uma vontade de férias...
não gosto nada desta época do ano... em que tenho de trabalhar no presente em coisas do passado, com a cabeça a fervilhar de novas ideias para o próximo ano lectivo.... um beijo doce, cheio de coisa boas

Azul disse...

Olá Outono!

Apetece "tomar" esse sol da manhã e não sair dele tão depressa. :)

Que belo!

Quanto ao resto... bem... que dizer?! Bem-vindo ao "clube" :)

Um beijinho para ti e para a tua Netinha (vai dando noticias sobre ela :))

Xinha disse...

Huummm... tão bom... a começar pela deliciosa imagem, e depois a envolvência que a tua escrita nos dá...

Senti-me mesmo num domingo com calor, a mergulhar na fresca espuma ... :)

Lindooo

Xi-Coração

Pena disse...

Brilhante e Admirável Amigo:
Pelo Sol da manhã busca de forma sublime o quotidiano de si. Vivificado num momento mágico fantástico.
"E suga-se a inspiração do imenso nosso...". Incrédulo de talento.
Suscita uma impressão majestosa de beleza imensa.
Gostei muito, amigo.
Abraço de amizade, estima e respeito pela sua imensa significação de gigantesca poética.
Sempre encantado com o que "constrói" em palavras.

pena

OUTONO disse...

Esmeralda.

Retrato fidedigno da minha observação.

E encontrar , o que julgávamos esquecido...sabe bem...muito bem.

Beijinho.

OUTONO disse...

Mirmorena.

A escrita...que grande salva-vidas para mentes em stress...

Eu vingo-me nela.

Um beijinho.

OUTONO disse...

Aran.

Não foi sonho Aran...foi realidade, se bem que fugaz...

Obrigado pelo apoio.

Beijinho.

OUTONO disse...

Cleo

A melhor vitamina, para começar bem o dia...

E neste caso, para além da necessidade de descontrair, serviu...para isso mesmo...vitaminar.

Bjs.

OUTONO disse...

Maria

Ainda que gostaste. Ainda bem , que completaste um outro cenário matinal.

Volta sempre.

Beijinho.

OUTONO disse...

Lilipat 2008

A escrita é assim, por vezes leva-nos no seu enredo...e viajamos bem longe...

Obrigado.

Beijinho.

OUTONO disse...

Mariam

Muito obrigado pela partilha de uma mulher que admiro, e de quem já fiz referência neste Blog.

Obrigado também , pelo teu apoio narrativo.

Beijinho.

OUTONO disse...

Maripa.

Caso para dizer...o mar me quer...

Lindas as tuas reflexões.

Beijinho grande.

OUTONO disse...

Mundo azul.

Não será cansaço físico...antes um cansaço pensativo...

Foi necessário recorrer ao fresco de um mergulho, e ao terapêutico sal marítimo...

Beijinho.

OUTONO disse...

Um olhar para dentro

Gostei tanto das tuas notícias, e do teu carinho...

Xiu...muitas felicidades! Depois partilha.

Beijinho

OUTONO disse...

Edu

Gostava de começar todos os dias assim...podes crer...que não me cansava!

Obrigado amigo e companheiro de escritas mágicas.

Um forte abraço

OUTONO disse...

Maria p.

Sabes que também gosto de mergulhar à meia noite...com o luar a beijar o nosso à vontade?

Beijinho grande.

OUTONO disse...

Eärwen

Tentarei, cumprir a tua vontade...

Nem sempre o nosso sentir apresenta novidades do nosso gosto, para uma partilha com gosto.

Tentarei.

Beijinho.

OUTONO disse...

Maria Clarinda

Admiro o teu dizer...sabe bem.

Obrigado.

Beijinho grande.

OUTONO disse...

Som do Silêncio

O teu sorriso, e o teu beijo, foram manjares de amizade para mim.

Beijo doce.

OUTONO disse...

Circe.

É caso para questionar...porque não nascemos ricos?

Gostei da tua partilha.

Beijinho.

OUTONO disse...

Azul

São estes tons de azul, que fervilham nos meus olhos e marcam a leitura de encantos.

Como é bom saber ( com certezas) a seriedade das palavras que escreves...

Sinto-me honrado.

Beijinho, e felicidades!

OUTONO disse...

Xinha

O mergulho foi real. Tal como o prazer em ler-te.

Linda a tua presença.

Beijinho.

OUTONO disse...

Amigo Pena

O meu encanto, versus as palavras de crítica positiva, que me endereça, assume uma dívida de gratidão enorme. Perguntarei mesmo, se sou merecedor de tão qualificado comentário?

Permita-me abraçá-lo com estima e admiração.

Juani lopes disse...

que belleza, que envidia, el paraiso, quien pudiera
saluditos

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Poema lindo como sempre! Obrigada pela força, mas o que me está matando é a quimioterapia. Fiz um post para o nosso vampiro o "Ravnos", que tanto me pediu, sobre Cidadão Kane. Apareça por lá:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com/
não há ponto depois de www
Um beijo,

Carla disse...

brinco com a manhã na frescura das tuas palavras
...sempre bom passar por aqui
beijos

pin gente disse...

não quero saber do amanhã agora
para não perder pitada deste hoje
quero ter no dia que me foge
a plenitude da vida hora a hora

amanhã quero fazer também assim
sonhar, amar, cantar, viver
tudo queria um dia inteiro ter
se te tivesse a ti perto de mim


um abraço
luísa

OUTONO disse...

Juani

...pena que o paraíso tenha sido tão fugaz....

Muito obrigado.

Beijinho.

OUTONO disse...

Renata

Beijinho grande, pela tua presença, muito viva e sincera.

Continuo a pedir-te muita força !

Beijinho.

OUTONO disse...

Carla

Sempre bom ler-te...e apreciar a frescura das tuas palavras.

É um mar imenso de sonhos.

Beijinho.

OUTONO disse...

Pin Gente

Se a tua preocupação é o hoje
Entende que amanhã será melhor
Porque dia a dia, o sol não foje
E eu já te conheço , de cor.

Abraço.....

Xinha disse...

Manhãs de Sol, manhãs de Mar. Cada manhã um novo dia!
Um beijo enorme amigo, as férias hão-de chegar!:)

Maria Anjos Varanda disse...

Bonito poema...
Essa foto é linda e transmite muita serenidade..liberdade...linda a cor do mar

Gostei do teu espaço. Parabéns.

Um beijo

OUTONO disse...

Xinha...boa amiga.

Espero bem que sim...que cheguem.
Mesmo assim levo o bloco de notas com teclado, para trabalhar...

Beijinho muito grande

OUTONO disse...

Maria Anjos Varanda

Se o azul do meu mar...é bonito o colorido sinceridade das tuas palavras é mais transparente de ternura.

Volta sempre.

Beijinho.